domingo, 16 maio 2021
Fale Conosco | (24)3343-5229

Especiais

Dona de casa e bebê superam Covid: 'Milagre de Deus', diz a mãe

08/04/2021 11:09:58

“Um verdadeiro milagre de Deus”. É assim que a dona de casa Laura Gonçalves Silvano Araújo, de 27 anos, define sua própria experiência com a Covid-19. Moradora de Barra Mansa, ela foi internada no Hospital São João Batista, em Volta Redonda, onde deu à luz à segunda filha, também infectada pela doença, num parto emergencial após apenas seis meses de gestação. As duas já superaram a doença, mas o bebê, que ganhou o nome de Allana Victoria, permanece internado, ainda em recuperação.

No final de fevereiro, depois de testar positivo para Covid-19 – sentindo os primeiros sintomas, como dores no corpo – Laura entrou em isolamento domiciliar. Todavia, dias depois, ela precisou ser hospitalizada porque seu quadro piorou. "Sentia dores ao respirar, minhas pernas ficaram dormentes e precisei ser imediatamente internada e, posteriormente, intubada", conta.

Quatro dias depois (2 de março), os médicos do HSJB decidiram fazer o parto na tentativa de salvar o bebê, que estava em risco devido à gravidade do estado de saúde da mãe. O procedimento foi bem-sucedido, mas então veio a preocupação: Allana também testou positivo para a doença. “Ela ficou anêmica e precisou de transfusão de sangue, mas está bem e isso é o que importa", afirma a dona de casa, que teve alta no último dia 26 e agora conta as horas para que a Allana seja apresentada à irmã Sophia, de 7 anos. Ela terá alta assim que ganhar peso, segundo os médicos.

Casada com Victor Modesto de Araújo, dono de uma oficina de lanternagem e pintura, a dona de casa faz uma reflexão e não deixa de agradecer a Deus por ela e a filha terem sobrevivido à doença que há um ano enluta milhares de famílias em todo o país. "Após tudo que passei, o meu sentimento é de gratidão. Gratidão por estar viva. Fiquei 17 dias em coma e sou grata a Deus por ter dado sabedoria a cada médico e enfermeiro que cuidaram de mim e da Allana", agradece.

Para ela, quem passa por esta situação não pode perder a fé. "Creia em Deus, pois Ele tudo pode. Digo isso não só para quem está hospitalizado, mas também para quem tem um amigo ou parente passando pela situação que eu passei. Não tenho dúvidas que foi Deus quem me colocou em pé novamente. Foi um milagre. Ele nunca nos abandonou".

No fim, um alerta, principalmente para as grávidas. "Essa doença não é brincadeira ou marketing, não é política, ela é real, só sabe quem passou e sentiu na pele, pois essa doença engole o corpo. Se cuidem, usem máscara, não façam aglomeração, usem álcool, fiquem em casa e só saiam se necessário for. Não brinquem com algo sério, não tratem essa doença como uma gripe qualquer”. (Foto: Álbum pessoal)

Comentários via Facebook

(O Foco Regional não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

16:25 Polícia