terça-feira, 18 junho 2024
Whatsapp | (24)99901-1961

Saúde

Volta Redonda espera zerar fila de espera por ressonância magnética pelo SUS

25/03/2024 16:13:45

A prefeitura de Volta Redonda prevê zerar a fila de ressonâncias magnéticas realizadas pela rede pública de saúde em aproximadamente 45 dias, no máximo. Esse é o prazo estimado pela Secretaria Municipal de Saúde, após o início em fevereiro deste ano, da realização desse tipo de exame em espaço contratado exclusivamente para os pacientes do SUS (Sistema Único de Saúde). O local atende na Rua 33, na Vila Santa Cecília. Desde então, segundo a secretaria, já foram realizadas ali mais de 2,1 mil ressonâncias magnéticas.

“Nosso objetivo foi dar celeridade às demandas, terminando com o tempo de espera que chegava a até seis meses. Esse é um projeto que está dando certo e que vai nos permitir realizar até 800 exames por mês”, explicou a secretária municipal de Saúde, Maria da Conceição de Souza Rocha.

De acordo com ela, quando as ressonâncias começaram a ser realizadas no novo endereço, a fila de espera tinha cerca de 2,8 mil pedidos. Ainda no mês de fevereiro, mesmo com o feriado prolongado de Carnaval, a nova unidade reduziu a fila para pouco mais de 2 mil solicitações. Neste mês de março, com atendimento sendo feito também nos fins de semana, a fila de espera caiu ainda mais: cerca de 1,4 mil exames a serem realizados. Do início até agora a redução da fila de espera foi de aproximadamente 50%.

Na clínica são realizados diversos tipos de ressonância, com e sem contraste, como em articulações, coluna cervical, crânio, membros, tórax, artroressonância e enteroressonância, entre outros. A Secretaria de Saúde prevê que, com a oferta programada, no próximo mês – num período máximo de 30 a 45 dias –, todas as ressonâncias solicitadas sejam realizadas.

“É uma realidade nunca vivenciada no município. Claro que ainda teremos as ressonâncias que precisam de sedação e que, por isso, exigem a necessidade do profissional anestesista. Essas podem exigir um tempo de 45 a no máximo 60 dias para sua realização. Com isso, vamos ampliando o acesso aos serviços, fazendo de Volta Redonda uma referência em saúde na região”, acrescentou a secretária.

Para o prefeito Antonio Francisco Neto, esse é mais um investimento para atender de maneira mais rápida e eficiente os pacientes do SUS. “Fizemos mutirões de catarata, estamos quebrando recordes nos números de cirurgias, os novos mamógrafos também estão acelerando a realização de exames. São muitas ações, incluindo a contratação de mais médicos, que a Saúde de Volta Redonda vem realizando e que já melhoram a vida de quem mais precisa”, ressaltou. (Foto: Divulgação / Cris Oliveira)

Comentários via Facebook

(O Foco Regional não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

19:51 Polícia