terça-feira, 18 junho 2024
Whatsapp | (24)99901-1961

Saúde

Volta Redonda amplia exames de raio-x de coluna para zerar fila

Serão cerca de mil procedimentos por mês a partir de agora

08/05/2024 08:20:32

A prefeitura de Volta Redonda anunciou nesta quarta-feira (8) ampliação da realização de exames de raio-x de coluna, a fim de zerar a fila de espera na rede pública da cidade. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde serão realizados mil exames por mês. “Atualmente temos uma fila de espera de aproximadamente três mil pessoas, e com a proposta de ofertar mil exames/mês nossa previsão é acabar com essa fila em um período de três a quatro meses”, informou Sheila Rodrigues, coordenadora do Departamento de Controle, Avaliação, Regulação e Auditoria.

O raio-x de coluna, segundo ela, é um exame que demanda mais tempo para realização, por isso foi necessária a contratação do serviço para dar apoio à rede municipal.  “Assim como fizemos com a cirurgia de catarata, a tomografia e estamos fazendo com a ressonância magnética, vamos trabalhar para que todos os pacientes que precisem do raio-x da coluna também não esperem mais em uma fila. É uma nova realidade para a saúde do município. Continuaremos ampliando e melhorando os serviços para quem mais precisa, o paciente do SUS”, afirmou a secretária de Saúde, Maria da Conceição de Souza Rocha.

Além do raio-x, a Secretaria de Saúde de Volta Redonda também vem trabalhando para zerar a fila de espera por outros tipos de exames. A ressonância magnética, por exemplo, está prestes a acabar com a fila. Em fevereiro deste ano foi iniciada a realização do exame em um novo local na Rua 33, na Vila Santa Cecília, com cerca de 800 ressonâncias por mês.

Em relação à tomografia, o Hospital Municipal Dr. Munir Rafful, no Retiro, conseguiu zerar a fila de espera para pacientes do SUS (Sistema Único de Saúde) após a instalação de um tomógrafo de última geração na unidade. Com o novo equipamento, foi ampliada a capacidade de atender das demandas ambulatoriais e de urgência do hospital, além das que chegam do Hospital Dr. Nelson dos Santos Gonçalves, no Aterrado, e da UPA (Unidade de Pronto Atendimento) no Santo Agostinho. (Foto: Arquivo)

Comentários via Facebook

(O Foco Regional não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

19:51 Polícia