segunda-feira, 21 junho 2021
Fale Conosco | (24)3343-5229

Cidades

Juiz homologa acordo e igrejas vão poder reabrir nesta 5ª feira

Decreto estabelece regras para funcionamento

10/06/2020 20:08:05

O juiz André Aiex, da 6ª Vara Cível de Volta Redonda, homologou nesta quarta-feira o acordo firmado entre a prefeitura e o Ministério Público para ajustes na flexibilização do isolamento social e, a partir desta quinta-feira, igrejas e templos estão autorizadas a reabrir na cidade. A informação foi dada pelo prefeito Samuca Silva em live em uma rede social à noite, em que ele informou que estava sendo redigido o decreto estabelecendo as condições para a nova flexibilização.

Para as igrejas e templos, ficou definido que poderão abrir ocupando até 30% da sua capacidade de público, com higienização das mãos dos frequentadores nas entradas. Além disso, os cultos e missas terão de ser realizados com janelas e portas abertas. Outra condição é que o público ocupe alternadamente bancos ou cadeiras, mantendo o espaço mínimo de distanciamento de 1,5 metro. O uso de máscaras também será obrigatório.

Entre as regras também será estabelecido que microfones deverão ser individuais, não podendo ser compartilhados. Também não poderá haver uso de bebedouros coletivos.

Os cultos e missas deverão durar no máximo uma hora e só poderão ser realizados num espaço de meia hora entre um e outro. A presença de menores de 10 anos e maiores de 60 não será permitida.

O acordo também permite o retorno à feira-livre, em ruas alternativas, das barracas de produtos que não são alimentícios, como roupas e calçados. Cada barraca deverá ficar a três metros de distância da outra. E está proibida a venda de bebida alcoólicana feira.

O acordo ainda altera um dos eixos de monitoramento que permite a reabertura do comércio: sendo assim, passam de dois para três dias seguidos que o número de casos suspeitos não pode ultrapassar 5%.

Sobre o retorno das academias e clubes sociais, o prefeito destacou que pelo fato de outros órgãos serem contra a reabertura, foi protocolada ação na Justiça pedindo a reabertura com medidas claras de segurança, como adotadas por outras atividades.

BARRA MANSA -  A cidade também conseguiu um novo acordo com o MPRJ, nos mesmos moldes de Volta Redonda. No novo acordo, enviado nesta quarta ao Judiciário e já homologado, a feira livre passa a ser um serviço essencial e a venda de produtos fora do gênero alimentício está liberada nos finais de semana.

A prefeitura também poderá seguir o decreto estadual, liberando a realização de cultos presenciais. Como o acordo já foi homologado, assim que o decreto for publicado, as as novas regras já estarão valendo, também nesta quinta-feira.

Atualizada às 20h36min

Comentários via Facebook

(O Foco Regional não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

05:41 Cidades