sexta-feira, 27 maio 2022
Fale Conosco | (24)3343-5229

Cidades

Disque Denúncia de Angra divulga balanço de 2021

Serviço funciona em parceria com a prefeitura

12/01/2022 09:50:39

O Disque Denúncia recebeu em 2021, em Angra dos Reis, 1.306 informações anônimas sobre diversos crimes na cidade. Em 2017, quando não havia convênio com a prefeitura, foram apenas 334. O total subiu para 937 em 2018; 1.194 em 2019 e 1.496 em 2020. Segundo o serviço, quase 50% das denúncias feitas no ano passado foram através do aplicativo para celulares (Disque Denúncia RJ).

“Com essas informações que são repassadas pela população de forma anônima, o Disque Denúncia continua auxiliando a polícia e o próprio morador da cidade. Grande prova disso são os resultados obtidos pelo 33º BPM (Angra dos Reis) que tem sido grande parceiro na averiguação dessas informações e que, na última semana, se tornou o batalhão melhor colocado (1º lugar) na redução dos índices de criminalidade em todo o estado, segundo o próprio comandante da unidade”, destacou o site do Disque Denúncia.

Pelo menos 29 armas foram tiradas das mãos de bandidos por conta de informações passadas pelos moradores. Também com o apoio da iniciativa, a polícia conseguiu prender ou autuar 48 pessoas na delegacia, além de apreender mais de 325 munições ou carregadores, além de 1.189 trouxinhas, sacolés ou tabletes de maconha (cerca de 36 quilos), 5.134 cápsulas, papelotes ou sacolés de cocaína (165 quilos), 57 pedras de crack; 66 frascos e 25 litros de cheirinho da loló.

Geograficamente, a maioria das denúncias partiu do Centro (125), Parque Mambucaba (123), Ilha Grande (63), Bracuí (60) e Japuíba (59). O tráfico de drogas foi o crime mais denunciado: 493, seguido de posse ilegal de arma (218), maus tratos contra animais (170), informações sobre a pandemia do coronavírus (112) e construção irregular (107), mas ainda houve diversos registros sobre localização de foragidos da Justiça, obstrução de vias públicas (barricadas), estabelecimento comercial sem alvará, localização de centrais clandestinas de TV e internet (gatonet) entre outros.

O Disque Denúncia ressaltou ainda o fato de o programa Linha Verde, exclusivo para recebimento de denúncias de crimes ambientais, ter recebido 486 informações, superando as 347 do ano anterior.

“Esses são os resultados do trabalho da incansável equipe do Disque Denúncia sob a liderança do Zeca Borges e com o apoio da sociedade civil, dos patrocinadores, das lideranças políticas nos municípios e de todas as polícias, que foram em busca das informações passadas pelos cidadãos”, afirmou Pedro Borges, Presidente do Instituto MOVRIO e coordenador-geral do Disque Denúncia.

Além de receber informações, o Disque Denúncia também promove campanhas e divulga cartazes com fotos de pessoas procuradas pela polícia, inclusive oferecendo recompensa por informações que levem determinados bandidos à prisão. É possível também informar sobre pessoas desaparecidas para que seja confeccionado um cartaz com foto.

O Disque Denúncia em Angra atende pelo telefone 0300 253 1177 (custo de ligação local), pelo aplicativo “Disque Denúncia RJ”, onde é possível enviar fotos e vídeos ou ainda pelo facebook (facebook.com/DisqueDenúnciaAngra).

Comentários via Facebook

(O Foco Regional não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

18:45 Polícia