terça-feira, 23 julho 2024
Whatsapp | (24)99202-0053

Cultura

Cinema Fluminense ganha apoio para participar dos maiores festivais do mundo

05/06/2024 10:13:19

O Programa de Apoio ao Cinema Fluminense, que visa dar condições para que produtores de filmes feitos no nosso estado possam participar de mostras, festivais e premiações, no Brasil e no exterior, foi aprovado pela Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), nesta terça-feira (4). De autoria do deputado Munir Neto, coordenador da Frente do Audiovisual da Alerj, o projeto segue para sanção do governador.

“Pretendemos ajudar a criar um ambiente de negócios favorável para o crescimento do Estado do Rio no audiovisual nacional e internacional”, disse Munir. Segundo ele, o projeto de lei tem o objetivo de contribuir, mais uma vez de forma pioneira, para a geração de negócios, tributos, renda e trabalho para o estado do Rio de Janeiro e também para atrair filmagens internacionais para cá”, disse Munir.

Os festivais são uma das mais importantes portas de entrada para investimentos estrangeiros e nacionais em produções brasileiras. É nos festivais que rodadas de negócios são feitas e também que nossos talentos têm a oportunidade de abrir portas de relacionamentos, além de levar nossa cultura para o mundo e atrair filmagens para o nosso estado.

É justo nos festivais que as produtoras brasileiras se tornam conhecidas de grandes investidores do mundo todo. A cada 1 real investido em nossas produções, 3 reais vão para a economia.

A proposta também democratiza o acesso a festivais para as pequenas produtoras fluminenses, pois são numerosos os casos de produtoras que são indicadas para festivais e não comparecem por falta de recursos financeiros. Com o apoio do Estado, pequenas e grandes produtoras competem em pé de igualdade.

E mais: uma vez aprovado e sancionado dará mais um título de pioneirismo e inovação ao Rio: será o primeiro Estado no Brasil a ter tal lei, desburocratizando e tornando eficaz uma política pública de apoio à internacionalização do cinema do nosso estado.

Para ter direito, a produtora da obra terá que confirmar sua seleção num dos festivais relacionados na lei em, no máximo, cinco dias após a sua seleção. Os recursos sairão do Fundo Estadual de Cultura do Estado RJ.

Munir reforçou que será mais um passo para devolver ao Rio o papel de protagonista no audiovisual brasileiro. “E, desta vez, tendo nossos talentos como embaixadores culturais do país. O Programa de Apoio ao Cinema Fluminense é, antes de tudo, um fortalecimento do audiovisual fluminense perante o mundo. É o nosso Estado do Rio fazendo história”, concluiu.

Comentários via Facebook

(O Foco Regional não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

19:19 Polícia