quarta-feira, 19 janeiro 2022
Fale Conosco | (24)3343-5229

Internacional

Ex-presidente tunisiano é condenado a 20 anos de prisão

13/06/2012 09:15:33

Um tribunal militar da Tunísia condenou nesta quarta-feira, à revelia, o ex-presidente Zine El Abidine Ben Ali a 20 anos de prisão. Ele foi julgado por "incitação à desordem, assassinatos e saques em território tunisiano".  O tribunal anunciou o veredicto sobre o assassinato de quatro jovens na cidade de Uardanin em janeiro de 2011.

Na madrugada de 16 de janeiro, depois da fuga de Ben Ali para a Arábia Saudita, onde ele está refugiado, quatro manifestantes morreram ao tentarem impedir a fuga do sobrinho do presidente, Kais Ben Ali.

As famílias das vítimas acusaram agentes das forças de segurança de terem ordenado os tiros contra os manifestantes. Os dias posteriores à fuga de Ben Ali foram marcados pelo caos e a violência no país.

Quinze membros das forças de segurança também foram julgados e condenados a penas de entre cinco e 10 anos. Alguns estão foragidos. A justiça também determinou o pagamento de indenizações às famílias das vítimas, em valores que variam de 150 mil a 300 mil dinares (a equivalente 75 mil e 100 mil euros.

Ben Ali já acumulou na justiça civil condenações por 66 anos de prisão. Ele é objeto, ao lado da mulher, Leila Trabelsi, de uma ordem de prisão internacional, mas a Arábia Saudita não respondeu os pedidos de extradição feitos pela Tunísia. 

Comentários via Facebook

(O Foco Regional não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

10:42 Cidades