sexta-feira, 22 setembro 2017
Fale Conosco | (24)3343-5229

Saúde

VR discute políticas públicas para mulheres

29/04/2017 17:44:57

O auditório do UGB (Centro Universitário Geraldo di Biasi sediou neste sábado, no Aterrado, em Volta Redonda, o Fórum Municipal de Saúde da Mulher. Com o tema “Saúde das Mulheres: desafios para a integralidade com equidade”, o evento foi uma parceria entre as secretarias de Saúde e de Políticas Públicas para as Mulheres, além do Conselho Municipal de Saúde. Participaram cerca de 150 pessoas. O encontro foi também uma etapa para a 1ª Conferência Regional de Saúde da Mulher, que será realizada no mesmo local, no próximo dia 13.

A secretária de Saúde Márcia Cury anunciou uma reformulação na política pública de saúde da mulher na cidade, voltada principalmente à prevenção. Disse ainda que um mutirão de exames de mamografia tyerá início na próxima semana. “Hoje o câncer de mama é o que mais mata. Por essa razão, daremos uma atenção especial. Nossa meta é zerar a fila de espera do exame em menos de um mês”, estimou.

Márcia também pretende firmar uma parceria com a Secretaria de Políticas Públicas para as Mulheres para saber quais as principais reivindicações delas no setor da saúde. “O ideal é formar um grupo de trabalho entre as duas secretarias para montar um plano de ação, principalmente na política de prevenção”, disse a secretária, citando a questão da gravidez na adolescência. “É um trabalho árduo; no entanto, gratificante”.    

Deyse Penna, secretária de Políticas Públicas para as Mulheres, complementou: “Nós somos a maioria na sociedade. Uma parceria com a Secretaria de Saúde é fundamental, embora seja comprovado que as mulheres cuidam mais da saúde do que os homens”. 

O Fórum teve início às 8 horas e se estendeu até as 17 horas. No período da manhã aconteceram quatro palestras: “Saúde da Mulher no Município de Volta Redonda”, ministrada por Juliana Monteiro Ramos Coelho, coordenadora da Saúde da Mulher de Volta Redonda, e “Implantação da Política Nacional de Atenção Integral à Saúde das Mulheres”, com a médica sexóloga Maria do Espírito Santo. Já Sônia Latge, médica e diretora da União Brasileira de Mulheres no Rio de Janeiro, falou sobre “O mundo do trabalho e suas consequências na vida e saúde das mulheres”. A psicóloga Ana Carolina de Oliveira, do Conselho de Entidades Negras do Interior do Estado, ministrou a palestra “A Saúde da Mulher Negra”. No período da tarde, as participantes formaram grupos de discussões sobre temas pré-estabelecidos.        

O prefeito de Volta Redonda, Samuca Silva, voltou a dizer que uma das prioridades do seu governo, além da geração de emprego, é a saúde, ressaltando os resultados obtidos no mutirão da saúde: foram mais 9,3 mil atendimentos e exames em seis especialidades. Em janeiro, a demanda reprimida da rede de saúde de Volta Redonda chegava a 12 mil, segundo ele. (Foto: Divulgação)

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

20:20 Educação