segunda-feira, 18 janeiro 2021
Fale Conosco | (24)3343-5229

Cidades

Volta Redonda espera concluir hoje pagamento de novembro

Prefeito não dá previsão para chamar professores concursados

14/01/2021 08:44:25

O prefeito de Volta Redonda Antônio Francisco Neto espera quitar nesta quinta-feira (14) os salários de novembro, que haviam sido parcelados pela administração anterior. Segundo ele, os valores começaram a cair na conta de todos os concursados e inativos e a expectativa é que todos recebam ainda nesta quinta.

De acordo com Neto, a partir de agora a busca de recursos será para pagar os salários de dezembro. Ele disse que a situação financeira “ainda é muito delicada” e prova disso foram os mais recentes bloqueios judiciais de verbas que chegaram à cidade, tanto de ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias) quanto de FPM (Fundo de Participação dos Municípios).

"Tem pouco mais de dez dias úteis que assumimos o governo, quando encontramos novembro parcelado, dezembro e 13º sem pagar. Todo recurso que entra é bloqueado por ações judiciais que não foram de nossa responsabilidade. Entendemos as dificuldades, mas as pessoas têm de saber que estamos fazendo tudo o que é possível para amenizar esse caso", disse Neto.

O prefeito lembrou também que, além de pagar os salários, o governo busca também obter recursos para arrumar os bairros e “colocar a Saúde em ordem”.

CONCURSADOS – Em relação aos professores concursados que tiveram a sua convocação suspensa pelo prefeito, após decisão judicial neste sentido que ele solicitou antes de tomar posse, Neto não deu previsão de quando serão chamados.

“Ninguém gostaria de tomar as atitudes que estamos tomando, mas a situação [financeira da prefeitura] é muito pior do que as pessoas imaginam. É desgastante, mas é o correto [não chamar] se não temos condições de pagar. Já estamos quase na metade do mês e não temos um tostão para pagar os salários do mês. Não adianta ter os trabalhadores e não ter como pagar”, acrescentou.

"As demandas estão em todas as áreas. Estamos priorizando o pagamento dos servidores, mas temos que cuidar dos bairros, da Saúde, estamos preparando a volta às aulas. Isso tudo sem dinheiro e devendo salários que não foram pagos no governo passado", explicou o prefeito.

Comentários via Facebook

(O Foco Regional não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

18:07 Saúde