domingo, 24 junho 2018
Fale Conosco | (24)3343-5229

Nacional

Vandalismo em MG chega ao 4º dia e alcança mais de 30 cidades

Mais veículos e imóveis públicos e particulares são atacados

06/06/2018 10:43:52

Posto da Polícia Militar atacado em Lavras, no Sul de Minas Gerais (Foto: Reprodução internet)

A onda de ataques a ônibus, veículos e imóveis continua se expandindo por Minas Gerais e já atingiu mais de 30 cidades entre terça-feira e a manhã desta quarta. Os últimos casos foram registrados no Sul de Minas e novamente na Grande BH.

As polícias Militar e Civil, com o apoio da Polícia Federal, investigam a origem dos crimes, mas mantêm as apurações em sigilo. Já foram detidas 47 pessoas. No Sul do estado, a PM prendeu dois acusados de serem mandantes de atentados. A investigação aponta ação coordenada por organização criminosa de atuação nacional, devido à pressão sobre presos ligados a ela nas penitenciárias mineiras.

O governador Fernando Pimentel disse que o estado paga o preço por ter sistema prisional mais rigoroso que o restante do país. "Não vamos transigir com nossa política carcerária". Além do empenho de todo o efetivo policial para tentar conter os ataques, com PMs à paisana nos ônibus das cidades mais visadas, está sendo estudada a transferência de presidiários de outros estados integrantes de facções criminosas para o sistema federal.

Os últimos ataques ocorreram em Ribeirão das Neves (Grande BH), São Bento do Abade, São Lourenço, Lavras e Cambuí (Sul de Minas), e Uberaba (Triângulo Mineiro). As informações são do jornal O Estado de Minas.

 

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

18:40 Esporte