sábado, 06 junho 2020
Fale Conosco | (24)3343-5229

Nacional

Twitter apaga posts de Bolsonaro visitando comércio

Rede social diz que publicações vão contra recomendações de autoridades de saúde

30/03/2020 08:59:51

O Twitter deletou dois posts da conta do presidente Jair Bolsonaro, na noite deste domingo, por violação às normas da rede social. Segundo a empresa, as publicações eram potencialmente perigosas, pois traziam informações que colocam a saúde das pessoas em risco e induzem à transmissão da COVID-19. Até então, apenas o presidente da Venezuela, Nicolas Maduro, havia tido uma postagem apagada da rede social por violação de regras.

Os tuítes foram publicados na manhã do domingo, durante a visita de Bolsonaro a regiões do Distrito Federal, a despeito das medidas de distanciamento social recomendadas pelos órgãos de saúde.

Em uma das postagens, Bolsonaro citava o uso de cloroquina para o tratamento da Covid-19 ao conversar com um vendedor ambulante em Taguatinga. "Está dando certo em tudo quanto é lugar", afirmou o presidente. No mesmo diálogo, ele endossou críticas de trabalhadores informais à quarentena. "Eu tenho conversado com o povo e eles querem trabalhar. É o que eu tenho falado desde o começo. Vamos tomar cuidado, maior de 65 (anos) fica em casa", disse.

]=Twitter apaga posts de Bolsonaro visitando comércio

A hidroxicloroquina, no entanto - combinado de cloroquina e azitromicina - está em fase de testes e não tem eficácia comprovada no combate ao coronavírus. O uso sem orientação médica pode, inclusive, provocar envenenamento.

No segundo vídeo apagado pelo Twitter, Bolsonaro aparece entrando em uma casa de carnes em Sobradinho, também na região metropolitana de Brasília. Ele diz que "o desemprego tem apavorado as pessoas" e afirma, sem citar qualquer fonte, que "o país só fica imune ao coronavírus depois que 60 a 70% [da população] for infectada".

Na última segunda-feira, a rede social adotou postura semelhante e tirou do ar dois tuítes do ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, e um do senador Flávio Bolsonaro. As publicações recuperavam um vídeo antigo do médico Dráuzio Varella sobre o coronavírus. (Fotos: Reprodução)

Comentários via Facebook

(O Foco Regional não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

18:49 Política