sábado, 17 novembro 2018
Fale Conosco | (24)3343-5229

Polícia

Suspeito de mandar matar Karina estava em sítio em Bananal

02/11/2018 09:44:37

Suspeito de ter ordenado o assassinato de sua ex-mulher Karina Garofalo, Pedro Paulo Barros Pereira Júnior estava escondido em um sítio em Bananal (SP). Inicialmente, foi divulgado que ele teria sido preso em Barra Mansa, mas a PF informou posteriormente que ele foi encontrado num sítio na cidade vizinha. Ele já se encontra na Superintendência da Polícia Federal na Praça Mauá, no Rio.

Pedro Paulo teve a prisão decretada pela Justiça dias depois da morte de sua ex-mulher, executada a tiros na Barra da Tijuca, onde morava num condomínio para o qual estava retornando com o filho adolescente, depois de sair de um shopping nas proximidades. O crime foi no dia 15 de agosto.

Karina era corretora de imóveis. Natural de Volta Redonda, era filha do empresário Giuseppe Garofalo, dono da distribuidora de jornais e revistas da cidade.

Paulo Maurício Barros Pereira, primo de Pedro Paulo, já estava preso, apontado pela polícia como executor do assassinato. Ele se entregou seis dias depois. Além dele, um guarda municipal de Porto Real, suspeito de ter dado cobertura, foi preso em Pinheiral. (Foto: Polícia Federal)

Comentários via Facebook

(O Foco Regional não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

23:46 Polícia