sexta-feira, 28 fevereiro 2020
Fale Conosco | (24)3343-5229

Polícia

Preso 2º suspeito da morte de PM em Volta Redonda

24/01/2020 18:49:00

O homem suspeito de ser o segundo envolvido na morte do cabo da Polícia Militar Leonardo Pinho da Silva, de 29 anos, foi preso nesta sexta-feira pela Polícia Civil de Volta Redonda. O delegado Wellington Vieira, em afirmação feita agora à noite, disse que Leonardo Freitas da Silva, o “Jiló”, não se apresentou. Segundo ele, o procurado foi cercado num apartamento no bairro Santa Rita de Cássia, localidade que fica entre os limiutes de Volta Redonda e Barra Mansa.

O delegado também confirmou que contra Leonardo foi expedido mandado de prisão temporária de 30 dias pela 1ª Vara Criminal de Volta Redonda. "A Polícia Civil se solidariza com a dor de nossa co-irmã Polícia Militar e espera concluir o inquérito policial nos próximos trinta dias, garantindo ao preso todos os seus direitos constitucionais", afirmou o Vieira.

No mesmo dia do crime, o Portal dos Procurados divulgou uma recompensa de R$ 5 mil a quem desse informações que levassem à prisão de "Jiló".

CONFRONTO – O cabo Pinho foi morto numa troca de tiros com dois homens na Rua 15, no Padre Josimo, na madrugada da quarta-feira. Ele e um colega estavam em patrulhamento quando depararam com os suspeitos numa motocicleta. Eles reagiram a tiros. O cabo foi baleado na cabeça e morreu.

No tiroteio, também morreu Marcos Camilo da Silva, o “Marquinhos Paraíba”, de 37 anos. Ele era irmão de Marcelo Camilo da Silva, o “Marcelo Paraíba”, apontado como chefe do tráfico no Padre Josimo, nos anos 1990, e que se encontra preso. Contra Marquinhos havia ordem de prisão. (Foto: Folha do Aço)

Atualizada às 19h23min

Comentários via Facebook

(O Foco Regional não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

17:22 Polícia