sábado, 21 abril 2018
Fale Conosco | (24)3343-5229

Nacional

Surto de febre amarela em MG já é o mais mortal da história

Zona da Mata tem 22 cidades com casos registrados

07/02/2018 09:49:01

O atual surto de febre amarela em Minas Gerais é mais letal que o da temporada 2016/2017 da doença, até então considerado o pior já registrado no estado pelo Ministério da Saúde. Dados divulgados pela Secretaria de Estado de Saúde mostram que já são 61 mortes em decorrência da virose em seu tipo silvestre e 164 casos confirmados – praticamente 50% deles na Região Metropolitana de BH.  Outra preocupação é com a Zona da Mata. Já foram confirmados casos em 22 cidades da região, totalizando 41 pessoas infectadas pela febre amarela. Do total de doentes, 20 moradores (quase 50%) não resistiram.

A taxa de letalidade atual é maior que a do mesmo período da temporada passada, quando, em 6 de fevereiro, o estado divulgou que 59 pessoas haviam perdido a vida. Na época, eram 167 diagnósticos confirmados. Também existe preocupação com o Sul e o Nordeste do estado, onde há cidades com baixa taxa de vacinação.

O período 2016/2017 terminou em junho do ano passado com números alarmantes. Foram 475 casos confirmados e um total de 162 mortes. Em 6 de fevereiro do ano passado, 852 notificações da febre amarela já tinham sido registradas. Além dos 59 óbitos confirmados, o estado investigava outros 138. Os dados divulgados ontem pela SES mostram que a taxa de letalidade está ligeiramente maior em 2018, atingindo 37,2%. No período anterior, nesta mesma data, era de 35,3%. O índice de infectados que morreram já foi maior no começo deste ano, chegando quase a 80%.

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

21:08 Nacional