sexta-feira, 29 maio 2020
Fale Conosco | (24)3343-5229

Cidades

Start Up lança projeto de combate ao coronavírus

Iniciativa une voluntários a pessoas de grupos de risco que necessitam de ajuda

20/03/2020 12:21:45

Estabelecer uma conexão entre pessoas que estão nos grupos de risco do novo coronavírus e voluntários que se disponham a ajuda-las. Este é o objetivo de um projeto criado pelo Ponto de Saúde, start up de Volta Redonda, para ajudar a combater a Covid-19 na cidade e, inicialmente, em outras 14 da região Sul Fluminense. O projeto, adaptado de iniciativa semelhante lançada na Holanda, busca voluntários que possam auxiliar as pessoas dos grupos de riscos, como idosos, grávidas ou com outras restrições que recomendam sua permanência dentro de casa.

Desenvolvido em três dias, o projeto cadastra, através de um site, os voluntários que podem prestar serviços, podendo ser contatados por quem necessitar de ajuda.

- Neste momento há pessoas que não poderiam sair de casa para nada, mas que acabam precisando ir a um mercado, sair para passear com um cachorro que já acostumado e várias outras atividades. O site concentra uma rede de voluntários em cada cidade e quem precisa de ajuda tem à sua disposição os contatos de quem está se oferecendo para ajudar – explica Eduardo Pires, CEO da start up.

No site, ao se cadastrar a pessoa informa em que cidade pode atuar como voluntário e que tipo de auxílio pode prestar aos que se encontram com restrições para circular.

De acordo com Eduardo, em princípio é que sejam atendidas pessoas que não estejam com suspeita da gripe, mas que fazem parte do grupo de risco. Ele explica também que o cadastro, sendo aprovado, aparece no site com informações sobre o voluntário, inclusive indicando como a pessoa que necessita de ajuda pode entrar em contato.

“De início fizemos para as cidades da região, mas esperamos poder evoluir até para o nível nacional”, diz o diretor do Ponto de Saúde. “Nosso slogan é promover a qualidade de vida e agora, mais do que nunca, temos que mostrar nosso propósito”, disse ele, ao explicar a iniciativa.

Divulgado inicialmente nas redes sociais, o projeto já ganhou a adesão de voluntários, inclusive de uma médica de Volta Redonda. (Imagem: Jacob Ammentorp Lund/iStock)

Comentários via Facebook

(O Foco Regional não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

19:19 Nacional