domingo, 19 novembro 2017
Fale Conosco | (24)3343-5229

Economia

Sindicato rejeita proposta da CSN para mudar turno

Empresa ofereceu R$ 2,5 mil ma serem pagos em 3 parcelas

26/10/2017 15:23:04

O Sindicato dos Metalúrgicos do Sul Fluminense rejeitou a proposta apresentada nesta quinta-feira pela CSN para a mudança do turno de 6 para 8 horas na Usina Presidente Vargas, em Volta Redonda. A oferta da empresa foi considerada decepcionante.

Na reunião realizada no antigo Escritório Central, a companhia propôs acordo de dois anos para o turno de revezamento de 8 horas mediante  o pagamento de um abono de R$ 2,5 mil. O valor seria pago, segundo a CSN, em três parcelas: a primeira, de R$ 1 mil, cinco dias após a aprovação da proposta; R$ 500 no pagamento do salário de maio de 2018 e os R$ 1 mil restantes no pagamento de novembro de 2018.

 Na mesma proposta, a siderúrgica informou que a escala seria escolhida pelos empregados, citando entre as possibilidades a serem colocadas em votação a escala 4x1, 4x1 e 4x2, com folga de 80 horas.

Os horários de trabalho seriam de 5h45min às 14h; 13h45min às 22h; 21h45min às 6h, com uma hora de intervalo para refeição.

- A gente só leva para a apreciação dos trabalhadores uma proposta que entenda ser vantajosa para eles. Esta, não – disse o presidente do sindicato, Silvio Campos.

A CSN lamentou a decisão, “uma vez que a proposta está alinhada com o momento econômico da empresa e do país”. Em nota, a empresa  voltar a falar da “importância de se buscar alternativas para assegurar a sua competitividade nos mercados nacional, que vive uma das maiores crises da história, e internacional, com excesso de oferta de aço, principalmente por parte da China”.

A empresa lembra ainda que “é a única siderúrgica brasileira a ainda adotar o turno de 6 horas, o que provoca uma grande desvantagem em relação as suas concorrentes”.

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

15:33 Polícia