quarta-feira, 03 junho 2020
Fale Conosco | (24)3343-5229

Estado

Secretário de Saúde do RJ é demitido por Witzel

Atraso na inauguração de hospitais de campanha e denúnicas de fraudes levaram à decisão

17/05/2020 15:45:11

O secretário de Saúde do Rio de Janeiro, Edmar Santos, foi exonerado do cargo na manhã deste domingo pelo governador Wilson Witzel. A decisão foi motivada pelos atrasos nas entregas dos hospitais de campanha, incluindo o desgaste provocado por denúncias de fraudes na licitação para a compra de respiradores. A inauguração de um hospital em São Gonçalo, prevista para este domingo, foi cancelada. No local, as obras ainda estavam em andamento.

No início do mês, o Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) e a Polícia Civil do RJ prenderam o ex-subsecretário estadual de Saúde, Grabriell Neves, e mais três pessoas.

O grupo é suspeito de ter obtido vantagens na compra emergencial de respiradores para pacientes de Covid-19 no estado. Na sua decisão, o juiz Bruno Ruliére, da Vara Criminal Especializada da Capital, diz que Gabriell e Gustavo atuaram, de acordo com as investigações, nos processos administrativos suspeitos.

Na última quinta-feira, Witzel usou sua rede social para se manifestar sobre as denúncias de irregularidades na pasta. "Apoio as investigações que estão sendo realizadas pelos órgãos de controle e que estão identificando irregularidades. É inadmissível que pessoas queiram cometer ilícitos, principalmente neste momento de pandemia e de luta pela vida de milhões de pessoas", disse.

O nome do substituto de Edmar Santos ainda não havia sido informado até o momento desta publicação. (Foto: Arquivo / Divulgação)

Comentários via Facebook

(O Foco Regional não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

20:41 Polícia