terça-feira, 11 agosto 2020
Fale Conosco | (24)3343-5229

Estado

Sarampo: casos aumentam no RJ e ainda restam 2 milhões a serem vacinados

Estado registra 276 casos este ano

09/03/2020 12:48:29

Um milhão de pessoas vacinadas. O marco pode impressionar, mas representa apenas um terço da meta de três milhões da Secretaria de Estado de Saúde para proteger o Rio de Janeiro contra o sarampo. Em campanha contra a doença desde 13 de janeiro, a Secretaria estadual de Saúde tem mobilizado os 92 municípios do estado para convocar a população a se vacinar e já promoveu dois Dias D – o mais recente no último sábado.

Este ano, foram confirmados 276 casos de sarampo no estado do Rio de Janeiro, distribuídos nos municípios de Armação de Búzios (2), Barra do Piraí (1), Belford Roxo (15), Duque de Caxias (53), Japeri (1), Maricá (1), Mesquita (2), Nilópolis (4), Niterói (27), Nova Friburgo (16), Nova Iguaçu (30), Paty do Alferes (1), Petrópolis (3), Queimados (2), Rio Bonito (4), Rio de Janeiro (91), São João de Meriti (17) e Teresópolis (6). No ano passado, foram registrados 470 casos da doença.

A faixa etária recomendada para a vacinação é de 6 meses de idade até 59 anos, mas as crianças fazem parte do grupo mais vulnerável, representando cerca de 60% dos casos. O secretário de Estado de Saúde, Edmar Santos, ressalta que a vacinação será decisiva para conter os números de casos no Rio de Janeiro e que não é momento para negligência.

“Com o coronavírus em evidência, as pessoas acabam prestando menos atenção ao sarampo, mas precisamos ser realistas. Enquanto o Covid-19 registra apenas casos importados no estado, sem transmissão local, o sarampo é um perigo muito mais próximo, altamente contagioso, que fez a primeira vítima depois de vinte anos no Rio e observamos os casos crescendo”, alerta.

Vacinação volante

Para ainda imunizar dois milhões de pessoas contra o sarampo, a secretaria avança pelo estado com a vacinação itinerante. Esta semana, entre terça e sexta-feira, os caminhões estacionam nas regiões Serrana, Centro Sul, Baía de Ilha Grande e Médio Paraíba.

Edmar Santos lembra que cada pessoa que se vacina forma um círculo de proteção inclusive para quem não pode se vacinar. “O objetivo dos pontos volantes é facilitar o acesso à imunização e garantir que todos tenham a oportunidade de se proteger. A vacina contra o sarampo é a única forma de prevenção da doença. Por isso é tão importante que as pessoas procurem o quanto antes os postos de saúde ou as unidades móveis que estamos levando pra perto da população em diferentes regiões do estado”, disse. (Foto: Maurício Bazílio)

Veja a programação itinerante:

Entre 10 e 11 de março, de 8h às 14h

Petrópolis

Três Rios

Mangaratiba

Valença

Entre 12 e 13 de março, de 8h às 14h

Nova Friburgo

Paraíba do Sul

Angra dos Reis

Resende

Comentários via Facebook

(O Foco Regional não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

20:18 Esporte