sexta-feira, 24 maio 2019
Fale Conosco | (24)3343-5229

Economia

Samuca diz em reunião que Sindpass terá de apresentar projeto para linhas da Sul Fluminense

Prefeito se reuniu com sindicalistas e vereadores

14/05/2019 11:15:37

O prefeito Samuca Silva informou esta manhã a vereadores e dirigentes do Sindicato dos Rodoviários de Volta Redonda que a Viação Sul Fluminense continuará operando todas as suas linhas até que o Sindpass (Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros) apresente um projeto para que as outras empresas – Elite, Pinheiral e Cidade do Aço – associadas assumam 10 itinerários. A notícia sobre a posição do prefeito foi dada a rodoviários concentrados em frente ao Palácio 17 de Julho, onde, na manhã desta terça-feira, Samuca recebeu diversos vereadores, liderados pelo presidente da Câmara, Edson Quinto (PR) e o presidente do sindicato, José Gama, o Zequinha, e o vice-presidente, Luiz Rogério.

Na última sexta-feira, Samuca assinou um decreto estabelecendo a caducidade da concessão de 31 linhas municipais da Viação Sul Fluminense. O motivo apontado foi a quebra de contrato, devido aos inúmeros problemas que a empresa tem apresentado na prestação do serviço. O decreto prevê que três empresas operem em caráter provisório as 10 linhas que, segundo o governo, apresentam o maior volume de reclamações de usuários e autuações pela fiscalização municipal. Segundo Samuca, as linhas exploradas pela Sul Fluminense serão novamente licitadas.

- As 10 linhas continuarão sendo operadas pela Sul Fluminense até que o Sindpass apresente um projeto para absorver estas linhas – disse o vice do sindicato, Luiz Rogério, a empregados da Sul Fluminense assim que todos saíram da prefeitura, por volta das 10h45min.

De acordo com Rogério, o sindicato também quer marcar uma reunião com o Sindpass, a fim de discutir a situação dos trabalhadores da empresa, enquanto a própria Sul Fluminense, segundo ele, deve, por seu lado, fazer o mesmo para defender seus interesses.

Ao lado de Edson Quinto, o sindicalista disse que a Câmara também se comprometeu a marcar um encontro com o Sindpass para tratar do assunto. No comunicado aos trabalhadores, Luiz Rogério advertiu que eles não podem entrar em greve, como muitos estão defendendo, pois só pioraria a situação da empresa. “Ainda não”, alertou.

Na reunião com Samuca – que recebeu inclusive vereadores da oposição, como Carlinhos Sant’Ana e Rosana Bergone –, a imprensa não pôde ter acesso. O prefeito enumerou os motivos que o levaram a intervir nas linhas concedidas à Sul Fluminense. Samuca confirmou que tem um encontro esta tarde com o MPT (Ministério Público do Trabalho), a fim de discutir também alternativas que possam assegurar o emprego dos rodoviários da Sul Fluminense.

Ao publicar o decreto na última sexta-feira, a intenção do prefeito era que as empresas assumissem as linhas nesta te4rça-feira. Ele adiou, inicialmente, atendendo pedido dos vereadores para a reunião realizada nesta manhã. (Foto: Ernesto Carboni)

Comentários via Facebook

(O Foco Regional não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

08:22 Polícia