sexta-feira, 18 outubro 2019
Fale Conosco | (24)3343-5229

Cidades

Samuca abre oficialmente feirão da habitação em Volta Redonda

21/09/2019 17:57:52

O prefeito de Volta Redonda, Samuca Silva, participou da abertura oficial do Feirão de Habitação Morar e Construir, o maior evento mobiliário do Sul do Estado do Rio de Janeiro, realizado pela Caixa Econômica Federal e conta com apoio da prefeitura. O evento, que está sendo realizado na Praça Rotary, embaixo da Biblioteca Municipal Raul de Leoni, na Vila Santa Cecília, acontece nos dias 20, 21 e 22.

Durante a abertura, Samuca destacou que o convênio, assinado entre o poder publico e a Caixa Econômica Federal, para receber recursos na ordem de R$ 80 milhões também irá beneficiar a construção civil.

"Iremos gerar emprego e investir na infraestrutura da cidade. Vamos avançar com asfalto, reformar unidades de saúde e ainda preparar a estrutura para receber empresas através do Polo Metalmecanico. Isso reflete também na construção civil. Todos nós queremos morar numa cidade bem estruturada, com educação e saúde de qualidade e com segurança", disse Samuca.

O prefeito lembrou ainda das conquistas obtidas na cidade nos últimos anos e agradeceu aos empreendedores que participam do evento. "Quero agradecer todos que acreditam em Volta Redonda e lembrar que somos a cidade que mais gerou emprego em 2018 e a mais empreendedora do Brasil. Estamos ensinando para o país com driblar a crise, através da desburocratização, agilizando o processo interno. Muitas vezes as pessoas não percebem a força da prefeitura na alavancagem dos resultados econômicos para a cidade. Vamos sempre facilitar o dia a dia do empreendedor, seja na construção civil ou no Polo Metalmecanico, onde seremos, em breve, o maior do Sul Fluminense", concluiu o prefeito.

O superintendente regional da Caixa Econômica, Luciano Medeiros de Castro, disse que o mercado carece desses incentivos para aquecer as vendas. Mais de mil imóveis estão à venda, o que de certa maneira favorece os compradores que podem negociar valores. "Estamos em um momento de retomada da economia e esse evento possibilita a geração de emprego e renda. Nessa feira temos diversas empresas do segmento da construção civil e mais de 2 mil imóveis ofertados. Imagina o que essa negociação pode gerar tanto para município, em termos econômicos tanto no social, para que essas famílias possam conquistar os seus lares", explicou o superintendente. O evento também contou com a presença do deputado federal Antonio Furtado.

O presidente do Sinduscon-SF (Sindicato Indústrias Construção Mobiliário do Sul Fluminense), Mauro Campos, destacou que a Morar e Construir é uma iniciativa voltada ao mercado de habitação com objetivo de facilitar negócios entre a população, construtoras, incorporadoras, imobiliária e corretores para compra e financiamento de imóveis novos ou usados, tendo como agente financeiro a Caixa Econômica Federal.

"Esse é o melhor momento para realizar esse evento. O maior problema que enfrentamos para financiar um imóvel é que a maioria das pessoas não tem o montante para dar de entrada no imóvel. Durante a crise que passou o nosso país, onde houve um grande número de desemprego, as pessoas com medo, pouparam. Agora, com redução do desemprego, elas têm o montante que guardaram para dar de entrada no seu imóvel e realizar o sonho da casa própria. Estamos no momento de retomada do crescimento habitacional porque não tem como o Brasil se reerguer senão fizer com que a construção civil deslanche. Somos a mola mestra do crescimento econômico e de geração de emprego nesse país", disse Mauro Campos.

Vanisi Ferreira, Diretora da ACJ Condomínios, empresa prestadora de serviços em auxílio aos síndicos dos edifícios está animada. Essa feira já é tradição no Sul do Estado e atrai muitas pessoas e acreditamos na nossa cidade. Por isso acreditamos que, mais uma vez, ela será um sucesso", comemorou a diretora.

Willians Vinicius Gonçalves, diretor de contratos da Nova Fonte Engenharia que está comercializando unidades residenciais no bairro Roma, no empreendimento Vila Jardim, um condomínio clube com cinco torres com lazer completo, com segurança 24 horas, cuja entrega da primeira fase com 128 unidades será em outubro, também está otimista. "O mercado está aquecendo novamente e Volta Redonda é um pólo regional. Acreditamos muito nessa região para o crescimento habitacional. Nós estamos com novos produtos para Volta Redonda, que é o lançamento da segunda fase, com mais três torres, e confiamos que o final desse ano e 2020 sejam bem produtivos para o mercado habitacional", disse o diretor.

Nesta edição a Morar e Construir contará com o Caminhão BIM (Modelagem de Informações da Construção), realizando a qualificação do sistema; praça de Alimentação com food trucks, sessão de negócios entre fornecedores e compradores, pelo SEBRAE/RJ, fomentando ainda mais as oportunidades de compra e venda no evento. Outra novidade da Feira Morar e Construir 2019 é escolha da forma de pagamento do IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo), oferecida pela Caixa para facilitar ainda mais a compra de um imóvel.

Comentários via Facebook

(O Foco Regional não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

22:13 Cidades