quarta-feira, 03 junho 2020
Fale Conosco | (24)3343-5229

Nacional

Regina Duarte deixa Secretaria de Cultura de Bolsonaro

Atriz não ficou nem 3 meses no cargo

20/05/2020 10:18:06

Terminou o “casamento” de Regina Duarte com o governo de Jair Bolsonaro. A ex-namoradinha do Brasil teve sua saída anunciada pelo próprio presidente do cargo de secretária especial de Cultura. Em publicação em uma rede social, Bolsonaro afirmou que ela assumirá a Cinemateca Brasileira, em São Paulo.

"Regina Duarte relatou que sente falta de sua família, mas para que ela possa continuar contribuindo com o governo e a cultura brasileira assumirá, em alguns dias, a Cinemateca em São Paulo. Nos próximos dias, durante a transição, será mostrado o trabalho já realizado nos últimos 60 dias", afirmou Bolsonaro.

Regina assumiu a pasta em 4 de março, com a promessa de que poderia nomear quem desejasse para os cargos em sua pasta. Todavia, logo ela percebeu que não teria a liberdade esperada. No último dia 5, por exemplo, Bolsonaro renomeou o maestro Dante Mantovani – que havia sido exonerado pela atriz no primeiro dia de sua gestão – para a presidência da Fundação Nacional de Artes (Funarte).

Nos últimos dias, a secretária vinha sendo alvo de uma “fritura” em público pelo presidente, que, nesta terça-feira, recebeu para um almoço em Brasília, fora da agenda, o também ator Mário Frias, cotado para assumir a secretaria.

Além da ala ideológica do governo, Regina vinha sendo criticada também por artistas em geral pela falta de um plano para socorrer o setor cultural em tempos de pandemia de coronavírus. (Foto: presidência da Repúublica)

Comentários via Facebook

(O Foco Regional não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

20:41 Polícia