domingo, 19 novembro 2017
Fale Conosco | (24)3343-5229

Política

Reforma do plenário da Câmara é concluída

07/11/2017 17:26:20

O presidente da Câmara de Volta Redonda Sidney Dinho apresentou na tarde desta terça-feira à imprensa o plenário reformado da Casa. A obra foi realizada em 30 dias e custou R$ 127 mil – o valor inicial prevista estava na faixa dos R$ 140 mil.

Agora, o local onde as sessões públicas são realizadas – às segundas, terças e quintas-feiras, a partir de 18 horas – conta com nova iluminação, já que foram colocadas lâmpadas de LED para substituir as antigas, e piso de porcelanato com o brasão do município em destaque. As cadeiras destinadas ao público foram todas recuperadas. O reetrato do presidente Getúlio Vargas, que dá nome ao plenário e antes ficava atrás da Mesa Diretora, agora ficará na entrada do reciinto.

- Estamos cuidando da recuperação do patrimônio público – disse o presidente, explicando que o teto não foi pintado, como estava previsto anteriormente, porque a obra original não pode ser alterada. Ele explicou ainda que o sistema de som não foi trocado (não estava no projeto), mas está passando por manutenção.

A entrega oficial da reforma está prevista para a noite desta terça-feira, a partir das 19h30min, quando a Câmara vai prestar homenagens a servidores da Casa, entre ele Leia Lelé e Costa, a mais antiga do Legislativo da cidade. Aos 67 anos, responsável pelo setor de arquivo, ela está na Câmara há 47 anos. Leia é viúva do historiador Alkindar Cândito da Costa, que também trabalhou na Câmara.

- Costumo dizer que, nós, vereadores, somos a água do rio. A gente passa. Os servidores são as pontes – filosofou Dinho.

O vereador aproveitou ainda a ocasião para garantir que, ao final de seu mandato na presidência, a Câmara de Volta Redonda vai devolver parte dos recursos que lhe são destinados à prefeitura. A Câmara é mantida com verbas arrecadadas pelo município, transferidas mensalmente – o chamado duodécimo. Ele confirmou também as negociações com a Alerj (Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro) para que a Câmara Municipal ocupe um espaço dentro da programação da TV Alerj,  que deverá ser transmitida em Volta Redonda.

- Estamos dependendo de alguns ajustes, como uma autorização do Ministério das Comunicações. Depois, será preciso definir se contrataremos uma empresa para produzir o conteúdo ou se a própria Câmara assumirá o serviço. Não sei se haverá tempo de concluir o processo ainda no meu mandato de presidente, mas estou tentando – informou.

A abertura do plenário aos jornalistas foi acompanhada também pelos vereadores Fernando Martins, Carlinhos Sant’Ana, Jari, Rosana Bergone, Paulinho do Raio-X e Pastor Washington. (Veja outras fotos na galeria abaixo)

1/5

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

15:33 Polícia