sábado, 18 agosto 2018
Fale Conosco | (24)3343-5229

Nacional

Prefeito é preso e confessa estupro de menina de 8 anos em SP

Criança conseguiu fugir e pedir ajuda a casal

21/04/2018 21:08:26

O prefeito interino de Bariri, Paulo Henrique Barros de Araújo (PSDB), de 34 anos, foi preso na manhã deste sábado por raptar e abusar de uma menina de 8 anos, no Vale do Igapó, em Bauru (SP). De acordo com a polícia, ele confessou ter estuprado a menor.

Após o registro da ocorrência por flagrante de estupro de vulnerável, Araújo foi levado à cadeia de Barra Bonita, às 19h50min. Ele deverá passar por audiência de custódia neste domingo, em Bauru.

Segundo apurou a Polícia Militar, que efetuou a prisão, o interino pegou a criança num conjunto residencial e se dirigiu até um matagal, onde o carro acabou caindo em um buraco. A menina conseguiu se desvencilhar do prefeito, correu e pediu ajuda a um casal.

Araújo foi encontrado caminhando entre árvores. Ele tentou fugir e entrou em luta corporal com os policiais. De acordo com o registro policial, o político aparentava estar sob efeito de drogas. Uma perícia vai verificar se houve relação sexual.

O preso é presidente da Câmara de Vereadores de Bariri, cidade com cerca de 35 mil habitantes, e está no cargo de prefeito desde o início do ano passado. Em nota, a Câmara de Bariri anunciou que, na segunda-feira, de posse do registro policial, vai entrar com pedido de quebra de decoro e afastamento do prefeito. Também será discutido quem assume o cargo de prefeito até a nova eleição marcada para junho.

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) marcou novas eleições para 3 de junho, pois, após o pleito de 2016, os candidatos a prefeito e vice da chapa mais votada – Francisco Leoni Neto e Benedito Mazotti, ambos do PSDB – tiveram o registro indeferido com base na Lei da Ficha Limpa.

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

12:35 Polícia