quarta-feira, 18 setembro 2019
Fale Conosco | (24)3343-5229

Estado

PM e ex-PM são presos como suspeitos do assassinato de Marielle Franco

Ex-policial teria atirado na vereadora e seu motorista

12/03/2019 05:53:13

Um policial militar e um ex-PM foram presos no final da madrugada desta terça-feira no Rio como suspeitos dos assassinatos da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes. O crime que teve repercussão internacional completa um ano nesta quinta-feira.

A prisão dos suspeitos foi feita por agentes da Divisão de Homicídios e promotores do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro. Segundo a polícia, o policial militar reformado (aposentado) Ronnie Lessa, de 48 anos, é apontado pelas investigações como quem atirou na vereadora. Durante toda o dia, haverá buscas em 34 endereços de outros suspeitos no estado do Rio.

Além de Lessa, a polícia prendeu também o PM Élcio Vieira de Queiroz, de 46 anos.

O sargento Lessa foi preso em casa. Ele mora no mesmo condomínio onde o presidente Jair Bolsonaro tem uma casa, na Barra da Tijuca. De acordo com o site G1, apesar de serem vizinhos, não há indícios nas investigações de que Lessa frequentasse a casa da família Bolsonaro.

 

Comentários via Facebook

(O Foco Regional não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

19:35 Polícia