domingo, 11 abril 2021
Fale Conosco | (24)3343-5229

Nacional

Plenário do STF julga hoje se mantém prisão de deputado

Em nota, PSL critica parlamentar e diz que tomará ‘medidas cabíveis’

17/02/2021 10:29:12

O plenário do Supremo Tribunal Federal decide nesta quarta-feira (17) se mantém a prisão do deputado Daniel Silveira (PSL), determinada na noite da terça (16) pelo ministro Alexandre de Moraes (foto). Ele foi preso em flagrante por ameaças aos ministros do STF, e ao Estado Democrático de Direito, segundo a decisão de Moraes.

O deputado passou a noite na Superintendência da Polícia Federal, no Rio, depois que a ordem de prisão foi cumprida em Petrópolis. Antes, ele discutiu com uma policial federal porque se recusava a usar máscara para fazer o exame de corpo de delito no Instituto Médico Legal.

O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL) antecipou a volta a Brasília na manhã desta quarta-feira de Cinzas (17) para conduzir a análise da prisão do deputado. Logo após a prisão, Lira afirmou em rede social que "a Câmara não deve refletir a vontade ou posição de um indivíduo, mas do coletivo de seus colegiados".

O PSL divulgou nota em que repudia as declarações de Silveira. O comunicado informa que a Executiva Nacional da legenda está tomando "todas as medidas jurídicas cabíveis" para afastar o deputado dos quadros partidários definitivamente. "Os ataques, especialmente da maneira como foram feitos, são inaceitáveis. Esta atitude não pode e jamais será confundida com liberdade de expressão, uma conquista tão duramente obtida pelos brasileiros e que deve estar no cerne de todo o debate nacional", diz a nota assinada pelo presidente nacional do PSL, deputado Luciano Bivar (PE).

Comentários via Facebook

(O Foco Regional não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

17:30 Esporte