quinta-feira, 15 novembro 2018
Fale Conosco | (24)3343-5229

Economia

Park Sul mantém data de abertura

18/10/2018 09:55:57

A assessoria de imprensa do Shopping Park Sul informou, em nota encaminhada ao FOCO REGIONAL, que a abertura do estabelecimento ao público está mantida para a próxima terça-feira, dia 23. Nos últimos dias, mensagens circularam em redes sociais afirmando que a abertura poderia ser adiada, depois que a empreiteira Engesil Engenharia, de Volta Redonda, deixou 40 funcionários sem pagamento. A empresa teria abandonado, sem justificativa, o acabamento de pelo menos 18 lojas.

Na nota, a assessoria do Park Sul destaca que a contratação de empreiteiros para a obra das lojas é de responsabilidade dos lojistas: “Somos parceiros e vamos ajudar no que for possível porque estamos todos – lojistas e administração do shopping – empenhados para a inauguração no dia 23”.

O FOCO REGIONAL não conseguiu, até o momento desta publicação, falar com os responsáveis pela Engesil. Se a empresa se manifestar, sua posição será acrescentada à esta reportagem.

Na quarta-feira, o vereador Rodrigo Furtado (PTC) esteve no Park Sul, onde foi recebido por representantes da Racional Engenharia, responsável pela construção do empreendimento. Eles explicaram que, por parte da construtora do shopping, só há o repasse de orientações básicas e coletivas, como determinações de segurança, não acumulando a participação nas contratações.

- Esclareço que, como vereador, não tenho gestão na questão, por se tratar de uma obra privada e não pública. Minha visita teve o objetivo de elucidar algumas dúvidas e ajudar os trabalhadores lesados da melhor forma. Nossa função é fiscalizar e exigir que a lei seja devidamente cumprida. Como advogado, oriento aos funcionários e empresários prejudicados que busquem apoio jurídico para a resolução do impasse - disse.

Rodrigo é autor da lei 5.335, que obriga às empresas com mais de 20 funcionários, a reservarem 70% do quadro para mão de obra local, e 15% desse quantitativo, no mínimo, para mulheres. Ele acrescentou que a exceção é a contratação de serviço especializado, sendo permitido, nesse caso, o recrutamento oriundo de outras cidades.

- Foi justamente para evitar problemas como o citado que idealizei essa lei. O objetivo é aumentar o número de empregos e evitar que os trabalhadores sejam lesados em outras cidades e encontrem dificuldade em buscar seus direitos judicialmente - explicou. (Foto: Divulgação)

 

Comentários via Facebook

(O Foco Regional não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

09:38 Nacional