sexta-feira, 18 outubro 2019
Fale Conosco | (24)3343-5229

Polícia

Padrasto de menina de Barra do Piraí é posto em liberdade

25/03/2019 18:52:04

O delegado de Barra do Piraí, Wellington Pereira Vieira, confirmou nesta segunda-feira que Carlos Ramon Manoel, suspeito de envolvimento na morte de sua enteada, Júlia Laport, de 11 anos, conseguiu autorização da Justiça para ser libertado. Ele não soube precisar a data da soltura, mas explicou que Carlos foi denunciado pelo Ministério Público somente por ocultação de cadáver e não por homicídio. Os restos mortais de Julia foram encontrados em janeiro deste ano, no distrito de Ipiabas, em Barra do Piraí, dentro de uma mala.

A mãe da menina e companheira de Carlos, Cristiana de Oliveira Laport, de 28 anos, permanece presa, segundo o delegado, que indiciou a mulher por homicídio e ocultação de cadáver, a exemplo de seu companheiro. Cristiana nega ter matado a filha, que estava desparecida desde julho do ano passado. Segundo a mãe, a menina sofria de Síndrome de West e teria morrido de causa natural. Ela disse que escondeu o corpo temendo a reação do ex-companheiro, Anderson Quintanilha.

No último dia 14, foi confirmado que os restos mortais encontrados na mala eram mesmo da menor. Wellington Vieira requisitou um exame de DNA, mesmo com a confissão da mãe de que tinha deixado o corpo da criança na mala.

 

Comentários via Facebook

(O Foco Regional não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

21:01 Cidades