terça-feira, 23 julho 2019
Fale Conosco | (24)3343-5229

Estado

Operação prende suspeitos de movimentar dinheiro de milícia do Rio

Um PM reformado foi preso em Paracambi

03/07/2019 10:16:01

A Polícia Civil e o Ministério Público do Estado do Rio de Janeikro (MPRJ) deflagraram nesta quarta-feira operação para prender suspeitos de movimentar dinheiro do “Bonde do Ecko”, considerada a maior milícia em atividade no estado. Um dos presos é um PM reformado. O mandado contra ele foi cumprido em Paracambi.

Um dos alvos é Luís Antônio da Silva Braga, o “Zinho”, irmão de Wellington da Silva Braga, o “Ecko”, apontado como chefe do grupo paramilitar.

Oriundo da Liga da Justiça, o Bonde do Ecko se expandiu da Zona Oeste do Rio para cidade da Região Metropolitana, como Itaguaí, e na Baixada Fluminense.

O MPRJ afirma que a milícia lavou o dinheiro de suas atividades com o auxílio de empresas, que tiveram os bens bloqueados. Uma das empresas seria chefiada pelo PM reformado Clayton da Silva Novaes. Apenas uma das empresas, de exploração de areia e saibro, faturou R$ 42 milhões entre 2012 e 2017, de acordo com a denúncia. (Foto: Reprodução / TV Globo)

Comentários via Facebook

(O Foco Regional não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

22:02 Esporte