quarta-feira, 20 setembro 2017
Fale Conosco | (24)3343-5229

Economia

Operação piloto de transbordo é sucesso em Angra

13/05/2017 04:58:52

Foi realizada nesta sexta-feira, em Angra dos Reis, a operação piloto no Tebig (Terminal da Baía da Ilha Grande), com a transferência de carga entre navios a contrabordo atracados no píer. Esta foi a primeira vez em Angra e em todo o estado que este tipo de operação é realizada e uma equipe técnica do Instituto Estadual do Ambiente (Inea) acompanhou todo o processo, como órgão que concede a licença ambiental para o procedimento. O prefeito Fernando Jordão, o vice Manoel Parente e o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, João Carlos Rabello, acompanharam também a operação.

A transferência foi feita entre os navios TI Hellas (Belga) e o Brasil 2014, embarcação grega batizada em homenagem à Copa do Mundo. Caso seja aprovado e liberado pelo instituto, o município poderá ter sua arrecadação de ICMS aumentada em 30%, um terço, representando cerca de R$ 200 milhões por ano a mais nos cofres públicos, mas de forma gradativa, com resultados no aumento significativo na receita do município a partir de 2019.

- Essa é uma luta antiga e importante para o estado do Rio de Janeiro, para o país e para a cidade de Angra dos Reis. Quero agradecer a sensibilidade do secretário André Corrêa que, em diversas reuniões que fizemos na Secretaria de Meio Ambiente do Estado, mostramos para o ele o quanto é importante aprovar esta operação de transbordo aqui no Terminal da Petrobras, no Tebig. Esta operação estava tirando do estado do Rio de Janeiro e de Angra dos Reis muitos milhões de reais, que iam para o Espírito Santo ou para São Paulo. Nada contra, mas estamos no Rio de Janeiro. A obra do terminal é antiga, com mais de 30 anos e nunca tivemos um problema no terminal da Petrobras. Então, essa simulação demonstra o quanto é seguro essa operação de transbordo – enfatizou Jordão.

O secretário de Desenvolvimento Econômico, João Carlos Rabello, falou sobre o aumento do poder de investimento com essa nova atividade aqui no terminal. “Não é preciso repetir que esta movimentação de petróleo em Angra dos Reis é o que sustenta a economia da cidade e, principalmente, da prefeitura. Então quando há uma possibilidade de ampliação em 30% da movimentação de petróleo, vai ser uma benesse para Angra. É claro que isso não vai acontecer da noite para o dia. Assim que o Inea der a licença final, a gente acredita que em 2018 chegaremos ao ápice da movimentação, que terá reflexo substancial na arrecadação do município em 2019, podendo chegar a um acréscimo de R$ 200 milhões na receita, o que possibilitará a realização de projetos no governo.

A Transpetro informou, através de nota, que realizou com sucesso o teste de transbordo. De acordo ainda com a nota, com a operação – que ocorreu dentro de rigorosos padrões de segurança – a companhia aguarda a avaliação do Inea para a obtenção da licença a fim de executar esse tipo de transbordo no terminal. A atividade vai maximizar a capacidade de operação do Tebig em até 30% em 2018, proporcionar uma melhoria logística no transporte de petróleo e aumentar as operações da Transpetro e da Petrobras no estado, possibilitando, assim, incremento do desempenho do Sistema Petrobras. (Foto: Divulgação)

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

17:07 Economia