sexta-feira, 14 dezembro 2018
Fale Conosco | (24)3343-5229

Nacional

Ministério Público e polícia já apuram acidente na Usiminas

Número de feridos chega a 30, mas nenhum em estado grave

10/08/2018 17:17:44

O Ministério Público de Minas Gerais e a Polícia Civil já estão investigando o que pode ter causado a explosão na Usiminas, em Ipatinga, na tarde desta sexta-feira. No momento da publicação desta nota, um membro da Promotoria do Meio Ambiente já estava na siderúrgica. A perícia da Polícia Civil também iniciou uma investigação.

Ao menos 30 pessoas tiveram que receber atendimento médico devido ao acidente, todos funcionários da empresa ou de terceirizadas, mas nenhum em estado grave, segundo os bombeiros. Uma pessoa sofreu um corte na face, decorrente de um estilhaço que foi lançado. As outras 29  foram pessoas que tiveram tonturas ou mal súbito decorrente da situação de pânico ou inalação de gás. Ainda segundo os bombeiros, um fator que favoreceu a menor gravidade da ocorrência foi a fábrica estar em horário de almoço.

A explosão aconteceu em um tanque reservatório da siderúrgica que continha uma mistura de gases utilizada na produção de aço. O impacto foi sentido em vários bairros da cidade. Também até o momento desta publicação, a fábrica estava parada, sem previsão de voltar a operar.

De acordo com nota da Usiminas, por volta das 12h40min aconteceu uma explosão no gasômetro da usina, o que levou à evacuação da empresa.

O gás que estava no tanque era o  LDG (Linz Donawitz Gás), conhecido como gás de aciaria. Segundo o Corpo de Bombeiros, o principal componente dele é o monóxido de carbono. Na usina, há dois reservatórios idênticos ao que explodiu. Eles ficam a aproximadamente 100 metros do tanque. (Foto: Redes sociais)

Comentários via Facebook

(O Foco Regional não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

21:02 Polícia