domingo, 19 novembro 2017
Fale Conosco | (24)3343-5229

Internacional

Milhares marcham em Barcelona contra declaração de independência

Oficialmente, governo liderado por Carles Puigdemont foi destituído

29/10/2017 11:40:51

Um público avaliado em 300 mil pessoas saiu às ruas de Barcelona neste domingo contra a declaração de independência da Catalunha. A manifestação foi organizada pela associação anti-independência Sociedade Civil Catalã, que conta com o apoio dos principais partidos não separatistas. Um dos principais slogans da caminhada foi "Somos todos Catalunha!".

O conflito entre o governo separatista da Catalunha e o executivo central de Mariano Rajoy alcançou seu ponto máximo na última sexta-feira, quando o movimento de independência proclamou uma república, enquanto Madri respondeu destituindo o governo regional e assumindo o controle de sua administração.

Considerada uma ofensa pelos separatistas, a intervenção de Madri é recebida com certo alívio por cerca de metade dos 7,5 milhões de habitantes desta região contrários à independência catalã.

Pelo segundo dia consecutivo, esta região espanhola auto-proclamada como república, acordou sem saber quem controla sua administração.

Oficialmente, o governo liderado por Carles Puigdemont foi destituído e suas funções foram assumidas pela vice-presidente espanhola Soraya Sáenz de Santamaría. O Parlamento regional também está dissolvido até as eleições convocadas por Rajoy para 21 de dezembro.

Cerca de 150 autoridades da administração catalã foram demitidas. Mas os líderes separatistas não reconheceram sua destituição. Em uma carta publicada no jornal "El Punt-Avui", Oriol Junqueras, vice-presidente do executivo regional, assegurou que "o presidente do país é e continuará sendo Carles Puigdemont".

"Não podemos reconhecer o golpe de Estado contra a Catalunha, nem nenhuma das decisões antidemocráticas que o Partido Popular [de Rajoy] está adotando por controle remoto de Madri", acrescentou. O dirigente separatista não indicou como a oposição deve se manifestar. Mas, depois de vários dias, os Comitês de Defesa da República de bairros pediram a "resistência pacífica" dos catalães contra a tutela do Estado. (Foto: Divulgação)

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

15:33 Polícia