terça-feira, 21 agosto 2018
Fale Conosco | (24)3343-5229

Cidades

Integrantes da Diocese de BP-VR participam de Intereclesial no Paraná

23/01/2018 15:05:55

Uma delegação com cerca de 20 pessoas da Diocese Barra do Piraí – Volta Redonda participa a partir desta terça-feira do 14º Intereclesial das Comunidades Eclesiais de Base (CEBs), em Londrina, no Paraná. O grupo seguiu para o encontro na noite da segunda-feira, após uma celebração de envio, realizada na Igreja Nossa Senhora da Conceição, no Conforto. Além dos delegados locais, como são chamados os participantes, a celebração contou com a presença do bispo de Nova Iguaçu, dom Luciano Bergamin, e outros integrantes de CEBs do estado do Rio.

O Intereclesial é um importante evento de troca de experiências e reflexões teológica e pastoral sobre a caminhada das CEBs. Participam bispos, padres, religiosos, assessores e animadores das comunidades. Em 2018 o encontro tem como tema “CEBs e os Desafios no Mundo Urbano” e o lema “Eu ouvi os clamores do meu povo e desci para libertá-los” (Ex 3,7). A proposta é repensar e relançar os trabalhos das CEBs na busca de novos caminhos para assuntos como moradia, mobilidade, segurança, meio ambiente e sustentabilidade, trabalho, saúde, educação, arte, cultura, esporte e lazer, tecnologias de informação, comunicação e afetividade/sexualidade.

O padre Rafael Ferreira, um dos representantes da diocese, disse que o Intereclesial é um encontro celebrativo de profundo espírito ecumênico e inter-religioso e de estudo. “São dias de reflexão, de estudo e de debate em torno de um tema comum, desta vez sobre a presença das comunidades no mundo urbano. Não se faz pastoral, não se evangeliza com decência sem o mínimo de reflexão. A dinâmica da própria cidade traz à tona a nossa tendência ao individualismo. Contudo não podemos ver isso com maus olhos e sim como um desafio que se impõe à pastoral, à evangelização. Então, esse 14º Intereclesial pode e com certeza ajudará a encontrar caminhos, pistas, indicações, para quem sabe retomarmos essa mobilização popular”, disse o padre.

Durante a passagem por Volta Redonda, Adão Ferreira, de Queimados, na Baixada Fluminense, relembrou a origem das CEBs e a necessidade de se adequar aos novos tempos. “As CEBs nasceram na zona rural, mas agora é preciso estudar meios para trazer esse trabalho para a cidade. Como a cidade é um fenômeno é preciso estudar e analisar para definir de que forma evangelizar”, disse Ferreira. (Foto: Divulgação)

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

08:39 Cidades