quarta-feira, 23 janeiro 2019
Fale Conosco | (24)3343-5229

Nacional

Identificado atirador de Campinas

Ele não tinha antecedentes criminais

11/12/2018 18:28:03

O homem que matou quatro pessoas, feriu outras quatro e em seguida  suicidou na Catedral Metropolitana de Campinas foi identificado. De acordo com o delegado responsável pelo caso, José Henrique Ventura, o analista de sistemas Euler Fernando Grandolpho, de 49 anos, não tinha antecedentes criminais.

- Pesquisamos os antecedentes dele e não constatamos nada contra ele, exceto um ou dois boletins de ocorrência, mas em que ele aparece como vítima. Agora, com a identificação, vamos investigar a motivação - disse o delegado em coletiva. Não temos até o momento nenhuma informação sobre a motivação. Circulam muitos boatos, rumores, mas o vídeo que temos e, que está sendo liberado, é ele chegando na igreja, dentro da igreja, o que prova que estava sozinho – disse.  Segundo o delegado, a tragédia poderia ter sido pior: “Ele tinha uma pistola e quatro carregadores. Utilizou dois e tinha dois carregadores cheios com 22 cápsulas”.

Os documentos de Euler estavam numa mochila encontrada dentro da catedral. De acordo com informações da polícia, ele era oriundo era de Valinhos, também no interior de São Paulo. Solteiro, Euler morava com o pai, que é viúvo.

Ele prestou concurso para integrar a equipe de funcionários da prefeitura de Valinhos e teve uma empresa que atuava no ramo de motocicletas, peças e acessórios, encerrada em julho deste ano. Além disso, de acordo com informações disponibilizadas no portal de transparência do Ministério Público de São Paulo, consta que ele chegou a atuar como auxiliar de promotoria do estado, em 2012.

VÍTIMAS – Das quatro vítimas que foram feridas, três já tinham sido liberadas no momento desta publicação e uma ainda permanecia internada. Duas das vítimas que receberam atendimento no Hospital Mário Gatti foram identificadas. Heleno Severo Alves, de 84 anos, atingido no peito e na barriga, seu estado é considerado grave. A outra é Jandira Prado Monteiro, de 65 anos.

Até o momento desta publicação a identidade das vítimas fatais não havia sido divulgada. (Reprodução Facebook)

Comentários via Facebook

(O Foco Regional não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

12:04 Polícia