quinta-feira, 26 abril 2018
Fale Conosco | (24)3343-5229

Saúde

Hospital do Idoso começa a funcionar a partir da próxima semana

27/12/2017 17:37:26

A partir da próxima terça-feira, dia 2 de janeiro de 2018, o Hospital do idoso de Volta Redonda entrará em funcionamento. A inauguração da unidade, localizada na Vila Santa Cecília, nas instalações onde durante anos funcionou a Clinica São Camilo, ocorreu na tarde desta quarta-feira, numa concorrida solenidade que teve a presença de todos os vereadores (inclusive Carlinhos Sant’Ana, que faz oposição ao governo), de secretários e dirigentes de autarquias. Por lá apareceu até o ex-deputado federal Zoinho.

A inauguração foi marcada pela emoção do secretário municipal de Saúde, Alfredo Peixoto. Ele não conseguiu se conter e chorou enquanto discursava. “A gente tem tudo para deslanchar nos próximos anos. Não é algo que fica para o Alfredo, para o Samuca [Silva, prefeito], fica como um legado para a cidade”, disse ele, chorando em seguida. Depois, ele próprio chegou a brincar com o prefeito dizendo que, na placa de inauguração, onde está seu nome fosse incluída a palavra “chorão”.

O Hospital do Idoso não será uma unidade de portas abertas. Ele atuará ligado ao Hospital do Retiro, que fará o redirecionamento dos pacientes. Nesta primeira fase, atenderá com urologia e angiologia. O primeiro andar está reservado para cirurgias e, o segundo, terá 17 leitos. De acordo com Alfredo, a intenção é que até julho do próximo ano o hospital funcione plenamente. Neste primeiro momento, entre 25 e 30 funcionários de outras unidades serão realocados no hospital.

- Na segunda fase teremos clínicas cirúrgicas e médicas e, na terceira, o CTI – detalhou o secretário.

O prefeito Samuca Silva disse que a ideia de alugar o hospital – o valor é de R$ 70 mil mensais – partiu da necessidade de desafogar a rede pública, sobretudo o Hospital São João Batista. Segundo ele, dos 60 mil atendimentos mensais feitos pelo município, 40% são de pessoas com mais de 60 anos de idade. No discurso da inauguração – que acelerou por conta da forte chuva que ameaçava e de fato veio – Samuca agradeceu à Câmara de Vereadores e disse que o choro de Alfredo ao discursar foi o “choro da emoção de fazer o bem para a cidade”.

- Com a crise, muitos idosos perderam o plano de saúde e retornaram ao Sistema Único de Saúde – ressaltou, lembrando ainda que a iniciativa é uma “demonstração de respeito ao idoso”.

O prefeito afirmou ainda  que a operação do hospital está sendo orientada pelo Ministério da Saúde. Por fim, Samuca ainda destacou o fato de a prefeitura ter adquirido em leilão o fechado Hospital Santa Margarida, que está montado e que, no final das contas, custará para a cidade R$ 6,5 milhões. (Veja mais fotos na galeria abaixo)

1/5

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

21:26 Cidades