domingo, 19 setembro 2021
Fale Conosco | (24)3343-5229

Cidades

Grávida de trigêmeos faz campanha para fazer cirurgia

Ela precisa do procedimento para salvar a vida dos bebês

02/08/2021 15:10:23

A voltarredondense Taynnara Marchiori, de 26 anos, grávida de trigêmeas univitelinas, iniciou nas redes sociais uma campanha com o objetivo de arrecadar fundos para uma cirurgia que pode salvar a vida de suas filhas. Grávida de 14 semanas, Taynnara descobriu na 13ª uma doença em sua placenta: a Síndrome de Transfusão Feto Fetal (STFF), onde a placenta é compartilhada entre os fetos e o sangue passa desproporcionalmente de um bebê para o outro através da conexão de vasos sanguíneos. Por conta disso, Taynnara está realizando uma campanha a fim de arrecadar cerca de R$ 30 mil. Ela abriu uma vaquinha online e disponibilizou um PIX para a transferência de valores (veja ao final do texto como ajudar.)

Segundo Taynnara, uma das bebês está recebendo mais sangue do que as outras e, por conta disso, está inchada. "Ela pode não conseguir suportar tanto sangue assim. Os vasos podem explodir e ela corre um risco grande de morrer", explicou em uma postagem no Instagram, que já conta com quase 40 mil visualizações. "Além disso, as outras duas poderão ficar com sequelas mentais e até mesmo morrer", explicou, destacando que somente com uma cirurgia suas filhas poderão sobreviver. "Mesmo com a cirurgia a chance de sobrevivência das três é menor que 50% e só teremos essa chance se eu passar por ela. No caso, a cirurgia consiste em queimar a laser os vasos sanguíneos a mais que estão levando o sangue até a bebê", disse.

Taynnara é do bairro 249, mas reside em Jacareí (SP). "Ficava 15 dias em Volta Redonda e 15 dias aqui, mas agora com a gravidez só tenho ficado em Jacareí", contou. A jovem explicou que faz tratamento com um especialista em saúde fetal, na cidade de São Paulo. "A cirurgia deverá ser realizada a partir da 16ª semana no Centro Paulista de Medicina Fetal ou em qualquer outro lugar que disponibilize vaga para que meu médico e sua equipe consigam realizar a cirurgia", ressaltou.

Taynnara é empreendedora e tinha uma loja, mas teve que fechar durante a pandemia de Covid-19. "Infelizmente o meu plano de saúde não cobre e a cirurgia é cara. Não tenho dinheiro para arcar com tanto gasto referente à elas, fora as fraldas que serão entre 24 por dia. Tem também a questão do leite, já que o peito não dá vazão para três bebês e, por serem prematuras e precisarem de UTI (toda gravidez múltipla precisa), começam desde a introdução da fórmula para ganho de peso", contou, concluindo que qualquer ajuda será bem-vinda. "Se você puder ajudar com R$ 1 já vai fazer a diferença para nós", finalizou. Interessados em contribuir com algum valor podem transferir dinheiro para o PIX de Daniel Paula Nogueira, que é 38237874897 ou através do link da vaquinha https://vaka.me/2266710. (Foto: Arquivo pessoal)

Comentários via Facebook

(O Foco Regional não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

18:59 Polícia