terça-feira, 18 fevereiro 2020
Fale Conosco | (24)3343-5229

Saúde

Furtado: ministério poderá destinar mais de R$ 20 milhões para região

13/02/2020 16:56:25

Depois de se reunir em Brasília com o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, o deputado federal Antônio Furtado afirmou que a região poderá receber mais de R$ 20 milhões para investir no setor. Ele apresentou ao ministro uma proposta para reforma das unidades hospitalares do Sul do estado, a manutenção da Rede Cegonha - programa de saúde da mulher com atenção humanizada na gravidez, parto e período de aleitamento materno, e ao recém-nascido, até o segundo ano de vida - e a reestruturação da Unidade de Acolhimento para que volte a funcionar como clínica de reabilitação para dependentes químicos, em  Barão de Juparanã, Valença.

“A reunião com o ministro foi importantíssima para apresentar os pedidos do Sul Fluminense. Tenho uma grande preocupação com a questão da dependência química e também quero que a Rede Cegonha seja ampliada nos hospitais da região. Mesmo sabendo que o cobertor é curto, podemos lutar para uma melhor saúde pública no Rio de Janeiro – disse o parlamentar.

Segundo Furtado, o próprio ministro elogiou a iniciativa, destacando a questão da clínica de dependentes que funcionou até 2010 e que era mantida pelo governo do estado. “Com o pedido do parlamentar, já autorizamos o que estava parado. O que precisa agora são os prefeitos e secretários [de Saúde] verem as pendências dos municípios e colocarem em dia”, disse o ministro, segundo a assessoria do deputado.

Para realizar as ações serão investidos R$ 2,2 milhões nas reformas das unidades maternas de Barra Mansa, Rio Claro, Itatiaia, Resende, Porto Real, Valença, Rio das Flores, Barra do Piraí, Piraí e Pinheiral. Outros R$ 17 milhões serão para o custeio anual do atendimento materno de alto risco da Santa Casa de Misericórdia (Barra Mansa), APMIR (Resende), Hospital Escola Luiz Giuseffi Jannuzzi (Valença) e Hospital São João Batista (Volta Redonda). Mais R$ 2,5 milhões serão aplicados para reformar a clínica de reabilitação de dependentes químicos, atendendo às cidades do Médio Paraíba.

 – Esses investimentos somam mais de R$ 20 milhões e serão destinados a melhorar a saúde. Precisamos cuidar da saúde da mulher, diminuir os índices de mortes nos partos e de recém-nascidos, assim como proporcionar tratamento para as pessoas que sofrem com a dependência química – destacou Furtado. (Foto: Divulgação)

Comentários via Facebook

(O Foco Regional não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

10:56 Nacional