sábado, 14 dezembro 2019
Fale Conosco | (24)3343-5229

Educação

Ex-aluna do MEP se forma em História aos 59 anos

19/11/2019 11:45:47

A noite da segunda-feira foi especial para a auxiliar de educação Lúcia Helena de Paula Rodrigues, de 59 anos. Numa solenidade realizada no auditório da UniRio, na capital do estado, ela obteve seu diploma do curso de História, obtido após uma jornada em que demonstrou obstinação e persistência, superando, inclusive, problemas de saúde que não a demoveram de atingir seu objetivo.

Ex-aluna do Vestibular Cidadão do MEP (Movimento Ética na Política) de Volta Redonda, Lúcia dividiu seu tempo entre os afazeres de casa, do trabalho e os estudos. Depois de se tornar professora, atividade que não chegou a exercer, ela decidiu retomar os estudos e realizar o sonho de cursar História, tema que a atraía desde a infância.

- Estava passando pelo bairro Niterói quando vi a placa do Vestibular Cidadão do MEP. Fiquei interessada, conversei com o Zezinho (José Maria da Silva, coordenador do MEP) e me matriculei – conta Lúcia, que já trabalhou de costureira e como agente comunitária de saúde.

O ano era 2011 e, segundo ela, houve o temor de se sentir pouco à vontade ao lado dos demais alunos, alguns jovens, mas outros também adultos. “Foi diferente do que eu pensava, Conheci pessoas maravilhosas, tive muito incentivo para continuar os estudos”, lembra.

Após pouco mais de um ano no Vestibular Cidadão, Lúcia prestou exame para o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio). Teve nota tão boa que não precisou fazer a prova para o Cederj (Fundação Centro de Educação a Distância do Estado do Rio de Janeiro). Foi aí que os problemas de saúde apareceram.

Primeiro, Lúcia teve que fazer uma cirurgia auditiva, o que resultou na necessidade de fazer o vestibular do Cederj para não perder o que já havia cursado. Passou no exame e veio então a batida com a cabeça num portal do corredor de sua própria casa, o que a levou a ser hospitalizada para se tratar das dores e da perda de visão que começou a enfrentar, consequência de uma neurite óptica.

Nada a desanimou. Casada, mãe de quatro filhos, avó de três netos, Lúcia superou as barreiras e voltou aos estudos, vendo seu esforço coroado com o diploma recebido nesta segunda-feira. Trabalhando na Creche Municipal de Educação Infantil Oscar Rodrigues Cardoso (Cardosinho), em Três Poços, formanda conta que a opção pelo curso de História vem de longe.

- Eu fui a segunda de nove filhos e cuidava dos irmãos mais novos. Nem todos dormiam cedo e então eu contava histórias, inventava história. Depois, tive uma professora de História que muito me influenciou. A história antiga me encantava – revela, explicando que nunca lecionou porque, inicialmente, priorizou a educação dos filhos.

SIMBÓLICO – A formatura na semana em que se comemora o Dia Nacional da Consciência Negra também foi comentado pela formanda: “Foi um dia abençoado. Eu, mulher negra, de periferia, considero uma grande vitória minha graduação. Conquista que mostra à sociedade preconceituosa, que não somos inferiores”, afirma.

A história de Lúcia se concretiza no momento em que são divulgados dados de que 52% do público nas universidades é composto por negros e pardos, exatamente a maioria do público do Vestibular Cidadão do MEP.

- A mensagem para o mês é que a representatividade do povo negro, pobre, não apenas nos pré-vestibulares sociais, mas nas universidades, no mercado de trabalho decente. Travamos o compromisso diário na luta contra o preconceito, na formulação de estratégias de permanência nos estudos e formação crítica para uma transformação – diz a assistente social Karina Avelar, assistente social pela Universidade Federal Fluminense (UFF) Niterói, integrante da equipe pedagógica no MEP e também ex-aluna do Pré- Vestibular Cidadão, de 2013. (Foto: Divulgação)

Comentários via Facebook

(O Foco Regional não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

20:58 Polícia