quinta-feira, 12 dezembro 2019
Fale Conosco | (24)3343-5229

Internacional

EUA vão restabelecer tarifa sobre aço e alumínio comprados do Brasil

Bolsonaro diz que vai recorrer a Trump

02/12/2019 10:52:49

Os gestos do presidente Jair Bolsonaro, demonstrando apreço aos Estados Unidos, e em particular do presidente norte-americano Donald Trump – que chegaram a ser duramente criticados no Brasil como sinais de bajulação – não impediram mais uma medida daquele país prejudicial à economia brasileira. Nesta segunda-feira, Trump, anunciou em sua conta no Twitter que vai restaurar as tarifas do aço e alumínio brasileiros e argentinos. A medida, segundo ele, é uma reação americana à desvalorização das moedas locais desses dois países.

- O Federal Reserve [Banco Central dos Estados Unidos] também deve agir para que os países não tirem mais proveito do nosso dólar forte, desvalorizando ainda mais suas moedas. Isso torna muito difícil para nossos fabricantes e agricultores exportar seus produtos de maneira justa – disse Trump na rede social.

No final de agosto deste ano, o governo dos Estados Unidos flexibilizou as importações destes produtos quando decidiu que companhias norte-americanas que negociarem aço do Brasil não precisariam pagar 25% a mais sobre o preço original desde que provem que há ausência de matéria-prima no mercado interno. O Brasil está entre os principais fornecedores de aço e ferro para os Estados Unidos.

Também nesta segunda-feira, Bolsonaro disse que fará uso do “canal aberto” que tem com Trump para conversar sobre a decisão.

- Vou conversar com o [ministro da Economia, Paulo] Guedes agora, e se for o caso, ligo para o Trump, porque tenho canal aberto com ele – disse o presidente do Brasil pela manhã.

Comentários via Facebook

(O Foco Regional não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

18:41 Educação