sábado, 15 dezembro 2018
Fale Conosco | (24)3343-5229

Cidades

Empresários apostam na produção artesanal de cerveja em novo bar

Paranoide promoverá a ‘Hoptoberfest’ para inaugurar atividades

07/12/2018 11:14:13

Os apreciadores de cervejas artesanais ganharão um novo ambiente no Sul Fluminense. A Cervejaria Paranoide será inaugurada na tarde deste sábado, no Aterrado, em Volta Redonda. Para celebrar a estreia, a casa irá promover a ‘Hoptoberfest’, um festival de cervejas artesanais de produção própria, que contará com a discotecagem no vinil com o projeto Vitrolando, fazendo um especial Tim Maia e Jorge Ben Jor.

De acordo com o mestre cervejeiro e sócio da Paranoide, Felipe Cobucci, o espaço promete ser o ponto de encontro dos amantes da bebida na região. “A Hoptoberfest marcará o início das atividades da cervejaria. Nossa proposta é fazer uma espécie de ‘Oktoberfest’ fora de época, até porque uma festa cervejeira não precisa ser necessariamente em outubro. A partir deste sábado, os apreciadores de cervejas produzidas artesanalmente terão um espaço especializado no assunto, onde poderão encontrar diferentes produtos exclusivos, de qualidade e produzidos pela própria cervejaria”, resumiu.

O setor, de fato, vem crescendo bastante no Brasil e gerando muitos empregos. O país já é o terceiro maior produtor de cervejas artesanais do mundo, atrás apenas de Estados Unidos e China. De acordo com dados do Ministério da Agricultura, o segmento de cervejarias artesanais cresceu 23% entre janeiro e setembro de 2018 e 130% nos últimos cinco anos, representando um faturamento de R$ 130 bilhões.

Segundo Cobucci, o crescimento do mercado, mesmo em um período de crise, foi fundamental para a aposta no empreendimento. “Identificamos uma demanda que precisava ser explorada em Volta Redonda e região, como vem sendo feito no restante do país. Produzíamos para outras empresas, mas sentimos a necessidade de montar nosso próprio negócio, com os produtos e valores com os quais compartilhamos, e acreditamos na ascensão do mercado por aqui”, destacou.

A Paranoide tem estrutura inicial para produzir dois mil litros de cerveja por mês e contará com 13 torneiras de chope plugadas e outras novidades. O mestre cervejeiro ainda falou sobre a identidade de marca, baseada na psicologia e psicanálise de Freud. “O nome da cervejaria, além de ser uma homenagem à música Paranoid, do Black Sabbath, surgiu na análise do perfil dos cinco sócios, que têm personalidades completamente diferentes e preferências por estilos de cerveja distintos. Porém, a paixão pela produção artesanal de cerveja, ambiente onde a maioria de nós nos conhecemos pessoal e profissionalmente, nos reuniu e foi transformado na Paranoide”, concluiu Cobucci. (Foto: Divulgação)

Comentários via Facebook

(O Foco Regional não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

13:41 Polícia