domingo, 18 agosto 2019
Fale Conosco | (24)3343-5229

Internacional

Embaixador da Venezuela na ONU diz que país derrotou tentativa de golpe

Ministro da Defesa reitera apoio a Nicolás Maduro

30/04/2019 17:41:37

O embaixador da Venezuela na Organização das Nações Unidas (ONU), Samuel Moncada, afirmou que o governo do presidente Nicolás Maduro “derrotou todas as tentativas de criar uma guerra civil", em seu país nesta terça-feira. O país assistiu a uma série de confrontos em Caracas após o autoproclamado presidente do país, Juan Guaidó, ter convocado uma manifestação contra Maduro. De acordo com Moncada, o que aconteceu na Venezuela foi um “típico golpe articulado pelos Estados Unidos na América Latina”.

Guaidó chegou a anunciar que tinha o apoio dos militares para depor Nicolás Maduro da presidência, mas não foi o que se viu. O próprio governo brasileiro, que apoia a deposição de Maduro, reconheceu que o líder oposicionista não tem o apoio que chegou a querer demonstrar.

Maduro, por sua vez, postou mensagem na qual diz que militares demonstraram "total lealdade ao povo, à Constituição e à Pátria". Também convocou às ruas a população que o apoia. "Venceremos", escreveu o chavista em rede social.

Pela manhã, manifestantes tentaram invadir a principal base aérea do país, a Generalísimo Francisco de Miranda, conhecida como La Carlota. O local foi escolhido como ponto de apoio a Guaidó. Os militares responderam com disparos de bombas de gás e carros blindados da polícia chegaram a avançar sobre manifestantes.

No momento da publicação desta nota, a situação ainda não havia se normalizado na capital venezuelana. Partidários do governo acusam os Estados Unidos de estarem por trás da tentativa de golpe. Também acusaram ativistas da oposição de promoveram “falsas notícias” sobre o suposto apoio das forças militares para derrubar Nicolás Maduro.

Em pronunciamento, o ministro da Defesa, Vladimir Padrino López, disse que as tropas que saíram em apoio a Guaidó foram enganadas. Na companhia do alto comando militar venezuelano, o ministro assegurou que os venezuelanos “podem permanecer calmos, já que a cidade é totalmente controlada”. (Reprodução internet)

Comentários via Facebook

(O Foco Regional não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

14:21 Polícia