quinta-feira, 15 novembro 2018
Fale Conosco | (24)3343-5229

Cidades

Dom Biasin completa 15 anos como bispo

14/10/2018 18:38:39

O bispo diocesano dom Francisco Biasin celebrou neste fim de semana 15 anos de ordenação episcopal (eleição como bispo). A missa foi realizada no sábado na igreja São Sebastião, no bairro Sessenta, em Volta Redonda e contou com a presença do bispo emérito dom João Maria Messi, padres e diáconos da diocese fiéis de várias paróquias e uma representante da diocese de Pesqueira (PE). Logo após, todos foram acolhidos no salão da comunidade, num almoço organizado por membros da comunidade e da paróquia São Paulo Apóstolo. 

Dom Francisco, durante sua homilia, explicou quais foram os sentimentos que surgiram ao se tornar bispo. “A palavra que se usa é que foi eleito bispo. Eu lembro que essa palavra ecoou dentro de mim e eu me perguntava: mas de que eleição se trata? Porque normalmente é uma nomeação do papa. Contudo na Bíblia, sobretudo nas cartas de Paulo, a palavra eleição significa o olhar misericordioso de Deus sobre alguém para que cumpra uma missão. Mas dentro de mim ecoava a primeira eleição, o batismo. Eu me lembro que durante meses o que me importava não era nem a ordenação episcopal, nem a festa bonita que fizeram em Pesqueira para me receber, nem o que a imprensa falava, mas era esta alegria interior porque Deus tinha me eleito como filho amado”, disse ele ao lembrar o que lhe fez iniciar essa trajetória. “Esta realidade ecoava profundamente dentro de mim. Era mais fácil orar, pensar na Igreja, superar o temor que cai em cima dos ombros de quem eleito para um cargo dentro da Igreja...E chegou um momento que percebi que a gente só pode ser pai à medida que aceita ser filho, diante de um único Pai. Nos meses seguintes foram uma redescoberta da paternidade de Deus na minha vida, na vida dos irmãos. Uma vontade imensa de viver a fraternidade, mas do que exercer a autoridade”, disse dom Francisco Biasin.

Ao relembrar Pesqueira, dom Francisco falou sobre a experiência de iniciar o episcopado num lugar de povo marcante, porém sofrido, como também destacou a jovem Luana Mendes, da diocese da cidade pernambucana. “Dom Francisco chegou ao nosso semiárido, um povo humilde. E ele chegou nessa atitude de escuta, em se fazer pobre com os pobres, humilde com os humildes. Ele se dedicou aos pobres, aos índios, nas santas missões populares. Então eu digo que dom Francisco não passou por Pesqueira, ele ficará eternamente conosco”, disse Luana.

Para a aposentada Carmem Lúcia, celebrar essa data é um presente para a diocese de Barra do Piraí–Volta Redonda. “Sabemos o quanto dom Francisco foi importante em Pesqueira e também reconhecemos a contribuição dele aqui na nossa diocese. Ele continuou um trabalho de luta ao lado de leigos e leigas dessa diocese e nos fez pensar além dos tempos que havíamos vivido, pensando no futuro. Sou muito grata em tê-lo como bispo”, finalizou.

HISTÓRIA – Dom Francisco Biasin é italiano, de Pádua. Veio para o Brasil em 1972 como padre missionário. Foi eleito bispo e ordenado pelas mãos de dom Bernardino Marchió em 2003. Sua primeira missão foi em Pesqueira, entre 2003 e 2011. Foi nomeado para a Diocese de Barra do Piraí-Volta Redonda em 8 de junho de 2011 e tomou posse em 28 de agosto do mesmo ano. Atualmente é o presidente da Comissão Episcopal Pastoral para o Ecumenismo e o Diálogo Inter-religioso da CNBB e membro do Pontifício Conselho para o Diálogo Inter-religioso.

Comentários via Facebook

(O Foco Regional não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

09:38 Nacional