terça-feira, 25 setembro 2018
Fale Conosco | (24)3343-5229

Economia

Dívida Ativa de Volta Redonda chega a R$ 1,8 bilhão

23/02/2018 09:59:22

Volta Redonda tem a receber, de débitos inscritos em Dívida Ativa, mais de R$ 1,8 bilhão. Os dados são da Procuradoria Geral do Município. Os valores estão sendo cobrados através de processos administrativos, além de ações judiciais. Existem dívidas que ultrapassam 30 anos e que ainda não foram quitadas.  As maiores são de Imposto Predial e Território Urbano (IPTU) e Imposto Sobre Serviços (ISS), sendo que, na maioria, os devedores são grandes empresas.

 Através de processos administrativos – sem contar encargos como juros e multa – a prefeitura tem a receber R$ 114 milhões. Já através de ações judiciais, estão sendo cobrados R$ 440 milhões – também sem contar encargos. Com juros e multa, o montante pode passar de R$ 1,8 bilhão.

De acordo com o subprocurador geral do município, Thiago Leon, as dívidas são cobradas através de processos administrativos desde sua constituição até, em média, quatro anos. “Após esse período, para a dívida não prescrever, ingressamos com a cobrança judicial. Temos dívidas muito antigas que ainda não foram pagas”, destacou.

Ainda segundo Thiago, caso o devedor não tenha como pagar à prefeitura, é possível que o pagamento seja feito através de “dação em pagamento”. “Isso consiste em, caso o devedor tenha um imóvel, por exemplo, de interesse público, ele entrega ao Poder Público em troca da dívida”, explicou. (Foto: Arquivo)

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

19:27 Polícia