segunda-feira, 20 maio 2019
Fale Conosco | (24)3343-5229

Economia

CSN deverá abrir mais mil vagas até julho

14/02/2019 19:30:36

A CSN vai precisar, até julho deste ano, de mais mil pessoas para serviços nos alto fornos e reparos gerais de manutenção. A informação é do gerente de operação da CBSI, Gustavo de Moura Reis, que deverá fazer as contratações, e foi dada nesta quinta-feira a uma comissão da prefeitura que visitou a nova sede da empresa no bairro Aterrado, em Volta Redonda, nesta quinta-feira. Esta semana, a própria CSN fez o anúncio de 151 vagas para áreas operacionais.

Estiveram no escritório da empresa os secretários municipais Joselito Magalhães (Desenvolvimento Econômico e Turismo), Fabiano Vieira (Fazenda), Almazyr Mattos júnior (Gestor do ‘Na Hora’) e o chefe de gabinete Leandro Flores. A CBSI (Companhia Brasileira de Serviços de Infraestrutura) é uma joint-venture entre a CSN e a CKTR que presta serviços à própria siderúrgica.

“A visita faz parte do nosso programa de conhecer os nossos parceiros e colaboradores, que trabalham por uma Volta Redonda com mais empregos e sustentabilidade. A CBSI é uma grande geradora de empregos e formação de mão de obra, nesta parceria público-privada. É melhor as pessoas irem se preparando para esta seleção”, afirmou Joselito.

Além de conhecer as instalações, os representantes da prefeitura assistiram a um vídeo institucional da empresa. “Esta visita foi excelente. Queremos ser mais conhecidos no mercado e que a cidade seja um polo estratégico. Queremos ter um grande banco de currículos, que podemos compartilhar com a prefeitura, através do ‘Na Hora’, e ter esta mão de obra direcionada para grandes acontecimentos no futuro”, afirmou Rogério Braga, diretor da CBSI.

Os diretores da empresa ressaltaram o bom relacionamento da CSN com a administração municipal. “A nossa empresa tem uma saúde financeira muito bem equilibrada. Vamos buscar serviços integrados com a prefeitura e expandir a nossa participação no mercado. Antes, a gente não tinha esta segurança para investir na cidade, segurança que nos foi dada com a nova gestão”, reafirmou o supervisor Cássio Zanforlin.

O polo metal-mecânico também está no interesse da CBSI: “Em vez de trazer mão de obra de fora, de outros estados, vamos qualificar o pessoal daqui de Volta Redonda, prepará-los para o novo mercado. Vamos investir no RH, alavancar os recursos humanos”, adiantou Cássio. 

O prefeito Samuca Silva disse que a união do poder público com a iniciativa privada busca a valorização de parceiros na construção de uma cidade forte na economia, empregadora e sustentável, com um ambiente de negócios favorável, que atraia mais empresas.

-Temos terrenos para receber essas empresas que estão chegando, faltava é melhor gestão do poder público, mais empenho e incentivos para atrair esses investimentos – afirmou. (Foto: Divulgação)

Comentários via Facebook

(O Foco Regional não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

17:52 Educação