quarta-feira, 21 novembro 2018
Fale Conosco | (24)3343-5229

Nacional

Criminosos promovem mais incêndios a veículos e imóveis no Sul de MG

Foi a segunda noite de ataques no estado

05/06/2018 10:00:37

A noite de segunda-feira foi marcada por mais ataques incendiários contra ônibus e carros em Minas Gerais, pelo segundo dia consecutivo, desafiando as autoridades do estado. Há registros de crimes praticados em Varginha, Alterosa, Alfenas, Passos, Machado, Três Pontas, Itajubá e Ipuiuna, todas no Sul de Minas.

As polícias Civil e Militar não descartaram a possibilidade de os ataques estarem sendo orquestrados por uma facção criminosa, mas ainda faltam explicações sobre a questão.

Em Varginha, os militares receberam informação de um incêndio em um veículo na Avenida Plínio Salgado. Quando chegaram ao local, se depararam com o fogo consumindo uma viatura do sistema prisional em uma oficina mecânica. Foi feito contato com o dono do estabelecimento e checagem das câmeras de segurança, que apontaram a presença de oito pessoas. Quatro pularam o muro e colocaram fogo no veículo, enquanto os outros quatro ficaram dando cobertura do lado de fora. A Polícia Militar conseguiu prender dois maiores em flagrante e também apreendeu menores de idade, todos confessando participação no crime.

Em Alterosa, uma usina de reciclagem da cidade foi incendiada e o suspeito é um homem que transitava pelo local com uma lanterna. Ele não foi localizado. A PM foi acionada pelo secretário de Meio Ambiente da cidade, que relatou o caso. Cerca de 100 fardos de papelão, com 4,3 mil quilos cada um, estavam pegando fogo.

Neste caso, a ocorrência registrada pela PM traz informações que não apontam ligação entre o caso de Alterosa e uma possível ação orquestrada por facção criminosa. O secretário de Meio Ambiente da cidade disse estar convicto que se trata de um incêndio criminoso, mas motivado por questões políticas, uma vez que a usina já vinha sendo alvo de depredações e todo o material reciclado seria comercializado ainda esta semana. O responsável teria aproveitado a onda de ataques para tentar mascarar a real intenção.

Já em Alfenas, o motorista de um ônibus da empresa Alfetur relatou que foi abordado por seis homens, alguns armados, que ordenaram a saída de todas as pessoas que estavam no veículo. Um coquetel molotov foi atirado para dentro do ônibus, causando um incêndio que foi controlado posteriormente pelo Corpo de Bombeiros e danificou parte da estrutura interna.

Em Passos, o condutor de um coletivo que transportava funcionários de uma empresa privada relatou que se deparou com seis homens, todos aparentando ser menores de idade. Eles carregavam galões de combustível e pelo menos um deles estava armado. O grupo mandou todo mundo sair do coletivo e ateou fogo, fugindo em seguida.  Também houve registro de um incêndio em um carro a serviço da Cemig. Os funcionários estavam no local pra restabelecer a energia elétrica no mesmo lugar onde um ônibus já tinha sido incendiado. Ninguém ficou ferido. (Foto: Redes sociais)

Comentários via Facebook

(O Foco Regional não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

16:58 Saúde