quarta-feira, 08 abril 2020
Fale Conosco | (24)3343-5229

Estado

Comandante do 28º BPM processará hotel por incidente

10/01/2020 17:05:22

A tenente-coronel Luciana Rodrigues, comandante do 28º BPM (Batalhão de Polícia Militar), sediado em Volta Redonda, decidiu processar um hotel de Teresópolis, na Região Serrana do estado. Na quinta-feira, o filho dela, de 11 anos, foi ferido na barriga e arranhado no rosto por outro menino da mesma idade, durante uma recreação no Le Canton. O filho da militar não se machucou gravemente, mas, além de receber um curativo no próprio hotel, foi levado por ela a um hospital da cidade, onde foi registrado um Boletim de Atendimento Médico (BAM).

Tão surpresa com o ocorrido, Luciana se disse ainda mais indignada pelo fato de a gerência do hotel ter se eximido de qualquer responsabilidade pelo fato de a agressão ter sido praticada por um hóspede. “Nem um pedido de desculpas em nome do hotel recebi”, disse a militar.

De férias no batalhão, a coronel levou os filhos ao hotel por causa da programação de recreação, entre as quais um jantar para as crianças apenas com os recreadores.

- Meu filho se sentou com outras crianças à mesa de um dos refeitórios do hotel. Um garoto sentado ao lado dele se incomodou com o braço do meu filho e empurrou o braço. Meu filho empurrou de volta, porém, o outro garoto pegou um garfo e espetou várias vezes a barriga do meu filho. Nesse momento, nenhum adulto do hotel presenciou – contou Luciana.

Segundo ela, o menino conseguiu tirar o garfo da mão do  outro, que não parou e arranhou seu rosto.

- Ele disse ao meu filho: “Podia ser pior”. E saiu correndo – contou Luciana. O filho dela, chorando, procurou a recreadora, sendo então levado à enfermaria do estabelecimento. “Fui chamada em seguida”, disse a comandante, questionando: onde estava o responsável pela atividade? O lugar estava aberto, com facas, garfos e coisas quentes. Tinha gente, sim, só que não estavam prestando atenção nas crianças”, podia ter sido muito sério”.

NOTA DA REDAÇÃO -  No início da tarde da sexta-feira, dia 10, antes de a notícia ser publicada,  o FOCO REGIONAL procurou o hotel Le Canton para se manifestar a respeito do episódio. A resposta veio somente no final da tarde desta segunda-feira, dia 13. Através de sua assessoria, foi enviada a seguinte resposta: "O Le Canton lamenta o ocorrido e informa que a equipe de recreação logo prestou assistência à criança e aos pais. O Gerente geral do hotel conversou com os responsáveis no final de semana, e se coloca à disposição para ajudar no esclarecimentos do fato, até então inédito no resort".

 

Comentários via Facebook

(O Foco Regional não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

19:34 Polícia