sexta-feira, 17 novembro 2017
Fale Conosco | (24)3343-5229

Cidades

Clamor pela Paz marca domingo em igreja de Volta Redonda

15/10/2017 11:20:30

Capitão e capelão Douglas (à esquerda): 'Só na última semana enterrei três e eles são muito cruéis'

Criado na década de 1990, o Projeto Vida – comunidade evangélica de Volta Redonda – viveu uma experiência inédita neste domingo: foi palco de um culto especial dedicado à Polícia Militar na região. Denominado “Clamor pela Paz”, o evento recebeu dezenas de policiais militares e comandantes de batalhões que compõem o 5º CPA (Comando de Policiamento de Área), liderado pelo coronel Igor Magalhães. A banda da Polícia Militar veio do Rio para também participar da celebração.

A ideia foi conscientizar a população sobre o trabalho e as dificuldades enfrentadas pelos policiais na rotina diária. “Queremos ter a comunidade ao nosso lado”, resumiu o capitão Silvério, também do 5º CPA.

Este ano, 108 policiais militares morreram em diferentes situações em todo o estado do Rio de Janeiro. “Só na última semana enterrei três. Foram 10 órfãos de pai deixados na semana”, lamentou o capitão Douglas, capelão da PM, que também é pastor, se referindo ao número de filhos deixados pelos sargentos Brandão e Galvão e o cabo Bernardo, as vítimas mais recentes, no Rio e na Baixada Fluminense.

- A criminalidade aumentou demais. E eles são muito cruéis, o sargento Galvão levou 15 tiros – detalhou o capelão.

Enquanto o culto transcorria, viaturas policiais foram posicionadas no pátio de estacionamento do Projeto Vida. Alguns policiais fizeram questão de levar a mulher e os filhos. O vereador Laydson, que faz parte do projeto, também participou.

Clamor pela Paz marca domingo em igreja de Volta Redonda

O coronel Igor, que não é evangélico, aprovou a iniciativa e acredita que ela deve se repetir em outras cidades. “Tudo o que leva a Deus é válido. Surgiu no CPA a ideia de fazer algo espiritual contra esta violência. Estamos num momento em que precisamos da intervenção divina, da mão de Deus, para que projeta nossos policiais”, afirmou, informando que o comandante-geral da PM, Wolney Dias, só não compareceu porque já tinha outros compromissos assumidos.

Clamor pela Paz marca domingo em igreja de Volta Redonda

O apóstolo Joel Pereira, fundador do Projeto Vida, disse que a sociedade do estado está vivendo um tempo de terror e medo, sendo necessário unir forças: “Isso independe de religião ou ideologia. Nós, civis, não temos a dimensão do nível de pressão em que vivem os policiais. Para nós esta reunião é inédita, única, que vai ficar na nossa história. Vai incentivar também todos a se unirem em oração [pelos policiais]. É hora de levantar um clamor, de ajudar, de dizer ‘estamos com vocês’. É um evento de grande importância”. (Veja mais fotos na galeria abaixo)

1/9

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

16:57 Estado