terça-feira, 04 agosto 2020
Fale Conosco | (24)3343-5229

Cultura

Cidade da Música e Orquestra Sinfônica Nacional fazem intercâmbio musical

23/07/2020 15:35:41

O projeto Volta Redonda Cidade da Música e a Orquestra Sinfônica Nacional da UFF (Universidade Federal Fluminense) estão promovendo um intercâmbio na área da educação musical. A tecnologia se tornou aliada neste momento em que a pandemia da Covid-19 desafia a prática orquestral e as apresentações artísticas. A programação, que começou no dia 1º deste mês e vai até novembro, inclui aulas online e lives.

O intercâmbio oferece uma nova forma metodológica e didático-pedagógica para diversificar e enriquecer o processo de aprendizado musical de 50 jovens, com idade entre 15 e 18 anos, integrantes da Banda de Concerto e Orquestra de Cordas do Cidade da Música. O trabalho musical é desenvolvido com exercícios de técnica diária do instrumento e sugestão de repertório pelos professores, a partir do que cada aluno vem estudando.

Na prática, uma plataforma de videoconferência aproxima os 35 músicos profissionais dos estudantes, que são orientados por monitores e professores do projeto. Os alunos têm aulas virtuais de clarineta, contrabaixo, flauta, percussão, trombone, tuba, trompa, trompete, viola, violino e violoncelo. Quando possível, as aulas são realizadas com a estrutura online na sede do projeto, no bairro Vila Mury, respeitando os protocolos sanitários e de distanciamento necessários para evitar o contágio pelo novo coronavírus.

A parceria também inclui lives especiais para os jovens músicos com residentes da Universidade Federal Fluminense como os grupos Música Antiga da UFF e Quarteto de Cordas da UFF e o fagotista Jeferson Souza, da orquestra. Além disso, está prevista a produção de um documentário sobre o intercâmbio educativo-musical entre a Orquestra Sinfônica Nacional e o Volta Redonda Cidade da Música.

 

Uma das coordenadoras do projeto em Volta Redonda, a maestrina Sarah Higino, lembra que o relacionamento com a universidade não surgiu agora. “Há anos a Orquestra de Cordas de Volta Redonda é convidada para participar da série de concertos que a Orquestra Sinfônica Nacional realiza no Teatro da UFF, em Niterói”.

Ela acrescentou que, neste momento de pandemia, quando fomos obrigados a diminuir nossas atividades, o músico que está acostumado a trabalhar em conjunto também teve que se adequar às novas diretrizes que inclui o distanciamento social. “Ao mesmo tempo, o musicista precisa se manter tecnicamente e musicalmente ativo. Daí surgiu a ideia do intercâmbio musical entre a orquestra e o VR Cidade da Música. O encontro online aproxima e gera conhecimento e troca de experiências”, disse Sarah.

O Volta Redonda Cidade da Música foi idealizado e implantado há 46 anos pelo professor e maestro Nicolau Martins de Oliveira e hoje também é coordenado pela maestrina Sarah Higino e pelo maestro José Sérgio Torres da Rocha.

O projeto abrange 39 escolas da Rede Municipal de Ensino – unidades da Secretaria Municipal de Educação (SME) e Fevre (Fundação Educacional de Volta Redonda), alcançando 4,6 mil crianças, adolescentes e jovens, dos ensinos Fundamental e Médio. É considerado um celeiro de talentos e, de 1974 até hoje, já formou uma série de músicos que se profissionalizaram em conjuntos e orquestras no Brasil e no exterior. 

A orquestra da UFF tem 59 anos de fundação. É uma das principais do Brasil e, em sua missão de fomentar e difundir a música brasileira de concerto, acumula experiências no campo da educação, realizando aulas de campo, concertos didáticos, projetos itinerantes e extensionistas no estado do Rio de Janeiro. (Foto: Divulgação)

Comentários via Facebook

(O Foco Regional não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

07:35 Polícia