sábado, 19 setembro 2020
Fale Conosco | (24)3343-5229

Política

Câmara aceita processo de cassação de Paulinho do Raio-X

19/05/2020 20:24:57

A Câmara de Volta Redonda decidiu nesta terça-feira instalar o processo de cassação do mandato do vereador Paulinho do Raio-X por quebra de decoro parlamentar. O vereador está afastado do cargo, por decisão judicial, após ter sido preso em flagrante por supostamente extorquir o prefeito Samuca Silva para barrar requerimentos de impeachment na Casa.

Na sessão, os parlamentares aprovaram, por unanimidade (19 votos), o relatório da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) instalada para apurar o caso. O suplente Francisco Chaves votou no lugar do presidente da CPI, Rodrigo Furtado, que, pelo Regimento interno, não poderia participar da votação. A comissão processante será formada por Sidney Dinho (presidente), Pastor Washington (relator) e Rosana Bergone.

A CPI foi instalada em março, logo após o episódio que estourou como uma bomba na política municipal. O parlamentar foi preso em flagrante numa sala do Pontual Shopping, na Vila Santa Cecília, onde, conforme denúncia do Ministério Público e da Polícia Civil, pretendia receber o dinheiro do prefeito. Samuca foi ao local marcado para o encontro acompanhado de policiais militares e a serviço do MPRJ, que prenderam o vereador. Ele foi solto dois dias depois por ordem do Tribunal de Justiça, mas, embora mantendo benefícios, como o recebimento de subsídio, foi afastado do cargo.

Até o momento desta publicação, Paulinho não havia se manifestado a respeito do que foi decidido na sessão.

Comentários via Facebook

(O Foco Regional não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

14:29 Cidades