domingo, 18 fevereiro 2018
Fale Conosco | (24)3343-5229

Esporte

Boavista prefere não jogar final da Taça GB em Volta Redonda

Clube, que tem o mando de campo, reclama de baixa frequência

13/02/2018 18:10:08

Mandante de campo da final da Taça Guanabara, o Boavista prefere não enfrentar o Flamengo em Volta Redonda. A cinco dias da decisão contra o Flamengo, o clube de Bacaxá critica a baixa frequência de público que tem sido registrada no Raulino de Oliveira e ainda espera que a diretoria do Botafogo mude de posição sobre a cessão do estádio para a partida. O clube alvinegro está se negando a ceder o Engenhão depois que o atacante Vinícius Júnior, do Flamengo, comemorou com gesto de “chororô” o terceiro gol que marcou na partida em que o Botafogo foi eliminado pelo Flamengo, no último sábado, justamente em Volta Redonda.

- Estamos representando todos os demais clubes, tirando os grandes. Acho que jogar em Volta Redonda será ruim para esta final. Lá é muito fora de mão e o estádio costuma ficar vazio. Você vê que Flamengo e Botafogo na semifinal tiverem pouco mais de 6 mil pessoas (foram 6.955 presentes). Uma final onde a cidade fica a quase 300 km da nossa torcida. Será somente público do Flamengo. A partida também terá a forte concorrência pelo fato do jogo ser em TV aberta – disse João Paulo Magalhães, dirigente do Boavista, ao Globoesporte.com.

Ele ainda acredita que o Botafogo poderá mudar de posição, mas, se isso não acontecer, espera que a Federação de Futebol do Rio ajude na busca de uma solução. “Vou consultar a federação e o adversário para ver como iremos fazer para a final de um campeonato tão importante e charmoso quanto a Taça Guanabara. Vou aguardar a reabertura da Federação do Rio nesta quarta para poder falar com o Departamento de Competições para ver qual instruções vou receber. Caso o regulamento permita adoraria jogar em Saquarema contra o Flamengo, assim como já iremos fazer pela quarta rodada da Taça Rio. Mas entendo que, como se trata de final de turno, o mando de campo deve ser neutro. Mas eu repito. Gostaria de jogar no Nilton Santos, casa do Botafogo, onde eu me sinto em casa, por ser uma extensão do Botafogo dentro do futebol do Rio”.

Prefeitura de Volta Redonda oferece estádio

Diante do impasse, a prefeitura de Volta Redonda divulgou nesta terça-feira nota em que se coloca a disposição da federação, do Flamengo e do Boavista, mas principalmente aos torcedores, para ceder o Raulino de Oliveira para a partida.

De acordo com o prefeito Samuca Silva, a cidade está “pronta e de braços abertos para receber a final”:

- Será uma honra ter essa grande final da Taça Guanabara em Volta Redonda. A cidade tem excelente estrutura hoteleira, tem segurança e o Raulino de Oliveira está pronto, com gramado lindo para receber Boavista e Flamengo – disse.

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

19:04 Polícia