sábado, 16 dezembro 2017
Fale Conosco | (24)3343-5229

Cidades

BM entra em estado de alerta com temporada de chuvas

06/12/2017 17:17:50

A prefeitura de Barra Mansa decretou estado de alerta em decorrência da chegada do período de chuvas fortes, típicas do verão. A medida, de caráter preventivo, se estende até o fim de março e envolve todos os setores da administração municipal, principalmente a Coordenadoria de Defesa Civil, subordinada à Secretaria de Ordem Pública, a Superintendência de Obras e Serviços Públicos, Planejamento Urbano, Assistência Social e Direitos Humanos, Desenvolvimento Rural e Saae.

De acordo com o coordenador da Defesa Civil, Sérgio Mendes, o Plano de Ação e Reposta a Desastre e Assistência tem a finalidade de atuar em situações de anormalidade que ocorrerem na cidade. “Uma das especificidades de Barra Mansa está relacionada ao número de residências construídas à beira dos rios Bananal, Barra Mansa e Paraíba do Sul. Na temporada de chuvas, esses moradores sofrem com os constantes alagamentos. Com a intenção de minimizar os estragos provocados, a Defesa Civil monitora o nível dos rios e recebe informações de Furnas sobre o nível do Paraíba, bem como do nível de vazão da Represa do Funil, em Resende. Assim, avisamos aos moradores sobre eventuais incidentes que possam vir a ocorrer, com a utilização de carros de som e da própria imprensa”, explicou Sérgio.

O coordenador ainda explicou que em casos de anormalidades, a população deve buscar um lugar seguro e entrar em contato imediatamente com a Defesa Civil pelo telefone 199. “Em primeiro lugar é necessário garantir a vida. Em seguida acionar a Defesa Civil para que possamos tomar as providências necessárias”, ressaltou. O

O plano de ação conta com apoio de duas retroescavadeiras, dois caminhões basculantes, duas caminhonetes e um caminhão pipa.

Com relação à desativação dos serviços de alerta de chuvas – as sirenes –, Sérgio Mendes disse que, por conta da crise financeira vivida no Rio de Janeiro, o estado não renovou o contrato com a empresa responsável pela manutenção dos equipamentos. As sirenes foram desativadas em vários municípios em março do ano passado. (Foto: Divulgação)

+ Lidas

Em foco

Notícias primeiro na sua mão

Primeiro cadastre seu celular ou email para receber as ultimas notícias.

Curta nossa fan page, receba todas as atualizações - Foco Regional

Tempo Real

13:58 Saúde